Visite o site da P&S Visite o site do Radar Industrial Visite o site da Banas Ir para página inicial RSS

O que vamos beber?

Icone Opinião,Perspectivas | Por em 25 de setembro de 2018

0

lucas moreiraPor Lucas Moreira*

Você já parou para pensar quantas vezes ao dia se alimenta? Muitas pessoas podem responder: “três vezes, Lucas.” Normalmente, as refeições diárias se dividem em almoço, jantar e o desjejum. O café da manhã, porém, é considerado a refeição mais importante por muitos especialistas. Tamanha responsabilidade é carregada também em seu nome. Não à toa é homônimo a segunda bebida mais consumida no mundo: o café. Não apenas ao acordar, mas é comum ver pessoas reenchendo canecas e canecas com café ao longo das 24 horas.

No ranking mundial de consumo, o Brasil fica em segundo lugar. Apenas em 2017, os brasileiros ingeriram 1,7 milhão de toneladas de café. E esse mercado só cresce. No primeiro semestre do ano, tivemos duas enormes movimentações no ramo lideradas por grandes marcas: Starbucks e Coca-Cola.

O Starbucks, com cerca de 29 mil lojas no mundo inteiro e faturamento de 22,4 bilhões de dólares (quase 80 bilhões de reais), vendeu para a Nestlé os direitos perpétuos de fabricar e vender café solúvel, em grão e moído, como também cápsulas da marca, por 7,15 bilhões de dólares. Lembrando que esse acordo não inclui as lojas nem bebidas prontas para consumo.

A Coca-Cola continua vislumbrando um futuro promissor para além dos refrigerantes, diversificando sua atuação e acreditando em uma das categorias com maior ascensão no mundo. A multinacional comprou a rede de cafeterias Costa Coffee, líder de mercado no Reino Unido e com cerca de 4 mil lojas espalhadas pelo mundo, por 5,1 bilhões de dólares (quase 20 bilhões de reais).

Mas não são só as grandes empresas que estão de olhos abertos. Em um País empreendedor como o Brasil, alguns empresários já estão antenados com a tendência e investindo no segmento. Como é o meu caso com a Splash, cafés e bebidas urbanas. Resolvemos investir no negócio de cafeterias com uma proposta similar a do Starbucks, porém com sabores de diversas regiões do Brasil. A empresa nasceu com o objetivo de ser o ponto de encontro e conexão entre pessoas, por meio, principalmente, de nossas bebidas exclusivas com o toque do café.

Sempre há uma oportunidade, basta conseguirmos enxergar o que nós mesmos estamos acostumados a fazer ou consumir e como oferecer produtos ainda inexistentes no mercado. Já sabemos que comemos, em média, três vezes ao dia, mas você tem ideia de quantos momentos são dedicados ao consumo de alguma bebida? Eu te convido, então, a pensarmos juntos. Mas, para isso, vamos tomar alguma coisa?

 

 

 

 

 

 

*Sócio-fundador da Splash

TAGS: , ,

BUSCA

CATEGORIAS

SOBRE O BLOG INDUSTRIAL

O Blog Industrial acompanha a movimentação do setor de bens de capital no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades, opiniões e análises sobre a influência econômica e política no segmento. Este espaço é um subproduto da revista e do site P&S, e do portal Radar Industrial, todos editados pela redação da Editora Banas.

TATIANA GOMES

Tatiana Gomes, jornalista formada, atualmente presta assessoria de imprensa para a Editora Banas. Foi repórter e redatora do Jornal A Tribuna Paulista e editora web dos portais das Universidades Anhembi Morumbi e Instituto Santanense.

NARA FARIA

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), cursando MBA em Informações Econômico-financeiras de Capitais para Jornalistas (BM&F Bovespa – FIA). Com sete anos de experiência, atualmente é editora-chefe da Revista P&S. Já atuou como repórter nos jornais Todo Dia, Tribuna Liberal e Página Popular e como editora em veículo especializado nas áreas de energia, eletricidade e iluminação.

ARQUIVO

Sem comentários no post O que vamos beber?

Deixe seu recado:

Nome: Obrigatório

E-mail: Obrigatório (Não será publicado)

Website:

Texto: Você pode usar tags XHTML

faturamento negócios Radar Industrial Perspectivas infraestrutura máquinas exportação IBGE importação PIB CNI Revista P&S Evento Pesquisa máquina inovação Feira Internacional da Mecânica Artigo Investimento FIESP meio ambiente sustentabilidade Lançamento máquinas e equipamentos mercado tecnologia Economia Feimafe Feira indústria