Visite o site da P&S Visite o site do Radar Industrial Visite o site da Banas Ir para página inicial RSS

0

radiciComo parte da estratégia, a companhia acaba de trazer para o mercado nacional sua nova gama de poliamidas à base de Poliftalamida (PPA), o RADILON® AESTUS T, que será lançada na FEIPLASTIC 2017

 

Considerada a segunda indústria brasileira de poliamidas e uma das principais líderes mundiais na produção de plásticos de engenharia, a RadiciGroup está ampliando seu portfólio e trazendo para o país uma nova gama à base de Poliftalamida (PPA), o RADILON® AESTUS T. Trata-se de uma linha com tecnologia de última geração, alta performance e resistentes a altas temperaturas, que segue alinhada com as tendências e padrões internacionais para atender a demanda do setor automotivo, elétrico/eletrônico, alimentícia, construção e embalagens de alimentos. O lançamento nacional será realizado durante a FEIPLASTIC 2017, que acontece entre os dias 03 a 07 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo.

Principais mercados de referência RADILON® AESTUS T:

Elétrico/Eletrônico: a base de PPA é ideal para a fabricação de materiais para soldagem sem chumbo e componentes que exijam resistência mecânica e a altas temperaturas. Aplicação: componentes de chuveiro elétrico, ponteiras de secador de cabelo, entre outros.

Construção: ideal para a fabricação de acessórios de contato com água quente, em temperaturas de até 85°C e a vapor em até 120°C. Aplicações: válvulas, coletores de distribuição de água quente, carcaças de hidrômetros, sendo indicado também para contato com água potável.

Alimentícia: ideal para máquinas de distribuição automática de bebidas quentes, principalmente na fabricação de partes resistentes à água quente (até 85°C) e a vapor (até 120°C), bem como componentes que entram em contato com os alimentos. Aplicação: componentes de filtros.

Automotiva: contribui para a redução do peso dos veículos, aumento da segurança dos condutores e redução de emissão de CO2, além de melhorar a eficiência energética dos autos. Recomendado para composição de peças próximas ao bloco do motor, sujeitas a temperaturas elevadas.

Embalagem: indicado para aplicação em embalagens de embutidos, que também demandam produtos com resistência a altas temperaturas.

  Entre os outros destaques da RadiciGroup na Feiplastic esta a linha de produtos de alta performance:

RADILON® HHR: produtos à base de PA 6.6 com excelentes propriedades de resistência ao envelhecimento térmico em contato com o ar em temperaturas de até 210°C em contínuo;

RADILON® X-TREME: desenvolvidos para aplicações em contato com o ar em temperaturas de até 230°C em contínuo.

RADISTRONG®: polímeros especiais de PA 6 e PA 6.6 com fibras longas, ideais para substituição de metais;

RADILON® A e S: poliamidas 6.6 com fibras de vidro com ampla versatilidade de aplicação devido às propriedades mecânicas, térmicas e químicas – permitindo personalização técnica e variedade de cores;

RADIFLAM® HF: auto-extinguíveis sem halogênio e fósforo vermelho para o setor elétrico;

RADILON® DT: tecnopolímeros de cadeia longa, à base de Nylon 6.12, caracterizados por boas propriedades mecânicas e ótima resistência química mesmo em contato com soluções de cloreto de zinco;

RADILON® D: tecnopolímeros à base de Nylon 6.10 obtidos através da utilização de um bio-polímero, a PA 6.10, produzida a partir do ácido sebácico (em um percentual equivalente a 64%). O RADILON® D é um produto capaz de assegurar não somente um elevado nível de sustentabilidade, como também excelente desempenho.

 Serviço:

FEIPLASTIC 2017 – Feira Internacional do Plástico

Data: 3 a 7 de abril de 2017

Local: Expo Center Norte

Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo

www.feiplastic.com.br

  

 

TAGS: , , , , , , ,

Deixe seu comentário

0

          A substituição de adesivos PU convencionais (que necessitam que a sola de SBR ou TR esteja previamente halogenada, antes da aplicação deste) por adesivos base água de alta performance destinados à colagem de solados de SBR e TR (sem halogenação prévia), tem sido foco de pesquisas permanentes dentro o Grupo FCC.

         Na tarde de quinta-feira, 6 de outubro, o Doutor em Química, Ramão Fernandes, responsável pelo desenvolvimento da tecnologia aquosa da empresa, apresentou um resumo do sucesso obtido pela indústria, em palestra no 16o Seminário de Atualidades Tecnológicas: Plásticos, Elastômeros e Adesivos, evento promovido pela FIERGS/Senai.

         Desenvolvida especialmente para atender o setor calçadista, a linha Acquafort  traz para a produção das indústrias de calçados o fim da etapa de halogenação no processo de colagem de SBR e TR. Além de agilizar o processo, a tecnologia de colagem inovadora contribui de forma real para a questão da sustentabilidade, na medida em que acaba com a geração de VOC (composto orgânico volátil) pois são adesivos base água com alto teor de sólidos em sua composição. O pesquisador Ramão Fernandes, salienta que “para cada 10 gramas de adesivo base solvente aplicado na sola, em média, 8 gramas são de solvente-veículo, e somente 2 gramas são de material colante. Então, os 80% de solventes ficam no ambiente da fábrica gerando VOC”. O objetivo do trabalho de pesquisa para o desenvolvimento de adesivos base água de alta performance “é justamente contribuir para a melhora do ambiente de trabalho dos operários diretamente envolvidos no processo, sem perder a qualidade do funcionamento do produto”, afirma o pesquisador.

         O trabalho de substituição começou em 2010, quando foi lançado o Acquafort 9500 SBR (que já de início ganhou dois prêmios nacionais no segmento). Em 2011, a FCC introduziu o 9500 TR, aumentando a fatia de participação de adesivo aquoso no processo de colagem de calçados.

         O lançamento mais recente ainda está em processo de consolidação junto ao mercado, mas com níveis de aceitação muito elevados, por sua resposta altamente positiva.

         Outro grande diferencial dos adesivos da linha Acquafort da FCC está no fato de que eles apresentam excelente performance quanto à resistência térmica, resistência à hidrólise e ao envelhecimento.

         As tecnologias (9500 SBR e 9500 TR) que eliminam: o primer halogenante, o solvente do adesivo, e o isocianato do reticulador, estão patenteadas pela FCC. São sistemas que geram a redução de uma etapa no processo de colagem na esteira, além de reduzir a necessidade de operários no processo.

         O impacto na redução do custo de produção por par de calçado é muito grande, além da sua contribuição para o meio-ambiente e sustentabilidade.

TAGS: , , , , ,

Deixe seu comentário

BUSCA

CATEGORIAS

SOBRE O BLOG INDUSTRIAL

O Blog Industrial acompanha a movimentação do setor de bens de capital no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades, opiniões e análises sobre a influência econômica e política no segmento. Este espaço é um subproduto da revista e do site P&S, e do portal Radar Industrial, todos editados pela redação da Editora Banas.

TATIANA GOMES

Tatiana Gomes, jornalista formada, atualmente presta assessoria de imprensa para a Editora Banas. Foi repórter e redatora do Jornal A Tribuna Paulista e editora web dos portais das Universidades Anhembi Morumbi e Instituto Santanense.

NARA FARIA

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), cursando MBA em Informações Econômico-financeiras de Capitais para Jornalistas (BM&F Bovespa – FIA). Com sete anos de experiência, atualmente é editora-chefe da Revista P&S. Já atuou como repórter nos jornais Todo Dia, Tribuna Liberal e Página Popular e como editora em veículo especializado nas áreas de energia, eletricidade e iluminação.

ARQUIVO

negócios infraestrutura máquinas exportação Perspectivas IBGE importação PIB CNI Revista P&S máquina inovação Evento Pesquisa Feira Internacional da Mecânica Artigo Investimento FIESP meio ambiente Lançamento sustentabilidade máquinas e equipamentos mercado Economia tecnologia Site P&S Radar Industrial Feimafe Feira indústria