Visite o site da P&S Visite o site do Radar Industrial Visite o site da Banas Ir para página inicial RSS

0

braskemA Braskem e o Comitê Paralímpico Brasileiro renovam o patrocínio à Equipe Brasileira de Paratletismo por mais quatro anos, até 2021, com o objetivo de dar suporte ao desenvolvimento e à preparação técnica dos paratletas, em uma parceria iniciada em 2015. Com isso, a empresa apoiará o paratletismo brasileiro em diversas competições nacionais e internacionais, assim como nos Jogos Paralímpicos do Japão em 2020.

“A Braskem mantém o seu apoio ao esporte paralímpico porque acredita ser uma oportunidade transformadora para paratletas e um exemplo inspirador para a sociedade. Acreditamos na superação do ser humano e estes atletas são um exemplo disto. Além disso, a parceria reforça nossa crença de que a química e o plástico melhoram a vida das pessoas”, afirma Marcelo Arantes, vice-presidente de Pessoas, Comunicação, Marketing e Desenvolvimento Sustentável da Braskem.

No paratletismo brasileiro, o plástico tem uma aplicação prática, já que está presente na composição das próteses, tornando-as mais leves e confortáveis às pernas dos atletas. O patrocínio vai beneficiar 44 atletas e 17 guias que integram a seleção brasileira, divididos entre equipes principal e juvenil, nas provas de pista e de campo.

Em julho, 25 competidores do país disputarão o Campeonato Mundial, no Estádio Olímpico de Londres, o mesmo no qual os brasileiros conquistaram, nos Jogos Paralímpicos de Londres 2012, 18 medalhas, sendo sete de ouro. A equipe nacional irá embalada pela incrível performance alcançada nos Jogos Paralímpicos do Rio 2016, quando subiram ao pódio 33 vezes, oito das quais no degrau mais alto.

“A parceria com a Braskem já nos trouxe grandes resultados nos Jogos Paralímpicos do Rio 2016 e vai ser fundamental nesta campanha rumo a Tóquio 2020. Mostra que Braskem e CPB trabalham com planejamento, antecipando as ações para atingir os objetivos, que no ciclo atual se inicia neste Campeonato Mundial de Londres, em julho”, afirma Mizael Conrado, presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro.

A convocação dos melhores foi feita na manhã desta quinta-feira, 8, na pista indoor do Centro de Treinamento Paralímpico, na Rodovia dos Imigrantes, em São Paulo.

Um dos convocados é o paulista Thiago Paulino. Amputado de perna após um acidente de moto, ele é hoje recordista mundial no lançamento de disso, prova em que deve representar o Brasil em Londres, em julho. “Os Jogos do Rio 2016 mostraram a força do esporte paralímpico no Brasil e a manutenção da Braskem é um grande exemplo. A parceria passa tranquilidade para os atletas trilharem o caminho da vitória”, comenta Paulino.

Em agosto deste ano, novos talentos do paratletismo disputarão a primeira edição do Campeonato Mundial juvenil, na cidade suíça de Notwill, próximo a Lucerna. Pode representar o começo de uma trajetória rumo ao pódio paralímpico em Tóquio 2020.

A seleção de paratletismo brasileiro ainda disputará os Jogos Para-sulamericanos, em Buenos Aires, Argentina, em 2018, os Jogos Parapan-Americanos, em Lima, e o Mundial da modalidade, ambos em 2019, e, por fim, os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020.

 

TAGS: , , ,

Deixe seu comentário

0

marajoaraA Marajoara e a SIG Combibloc do Brasil, fabricante mundial de embalagens longa vida, desenvolveram em parceria o projeto Re.Crie com Marajoara. O evento de lançamento aconteceu dia 27 de agosto, na Câmara Municipal de Vereadores de Hidrolândia (GO), e contou com a presença de representantes de ambas as empresas e autoridades locais.

 A ação de educação ambiental envolve crianças dos 2º e 3º ano do Ensino Fundamental das redes de ensino municipais e estaduais da cidade. O objetivo é associar a marca Marajoara a um projetoforneça conhecimento às pessoas, principalmente crianças, sobre a reciclagem das embalagens – contribuindo com o aumento da quantidade de embalagens longa vida que são descartadas corretamente e destinando-as à fabricação de brinquedos.

O projeto Re.Crie com Marajoara vai percorrer cinco escolas de Hidrolândia. Nas visitas da equipe, os promotores falarão sobre materiais reciclados, mostrando quais são e em quais lixeiras cada um deve ser colocado. Eles também ensinarão como recriar brinquedos a partir de materiais recicláveis, brincando com o conceito de transformar “lixo” em diversão.

Após a apresentação de um vídeo explicativo, as crianças deverão desenvolver brinquedos com caixas longa vida da SIG e os materiais reciclados que elas terão à disposição. Em seguida, uma comissão julgadora (com diretores, orientadores, professores de artes e de outras disciplinas) escolherá os dois melhores brinquedos confeccionados pelas crianças, por período (manhã e tarde). Como premiação, as crianças vencedoras receberão uma mochila recheada de produtos Marajoara. E, no final do dia, a escola também receberá o kit de lixeiras por ter participado do projeto.

“Apreocupação com futuro da vida e do planeta é constante, é preciso agir agora para minimizar os impactos da sociedade sobre as futuras gerações. Reaproveitar e reciclar materiais são estratégias que economizam recursos em processos produtivos, além de visar benefícios comoum ar mais limpo, água e solo mais saudáveis – contribuindo para o desenvolvimento das cidades, para a proteção ambiental e a melhoria da qualidade de vida”, explica Luciana Galvão, diretora de Marketing da SIG Combibloc para as Américas.

 

 

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

socialSerá inaugurada no bairro do Jaraguá no próximo sábado (04/07), às 9h, uma unidade do projeto cultural “Cine Popular”, iniciativa que conta com patrocínio da Fundação Voith Brasil em parceria com a Educare, uma organização que desenvolve e implanta projetos culturais, educacionais e socioambientais.

O “Cine Popular” é um projeto de fomento e difusão do cinema, que contribui para o resgate de ambientes públicos de socialização, garantindo o acesso gratuito das comunidades a filmes exibidos em grandes centros urbanos. Trata-se de um cinema com formato diferenciado, cujo potencial de abrangência se adequa às mais diversas comunidades e regiões do País.

O “Cine Popular” vai funcionar de forma permanente no Centro de Integração da Cidadania – CIC Oeste José Soares da Silva. Para isso, contará com um equipamento de exibição de filmes inovador, construído com placas de embalagens recicladas, e um acervo de 200 filmes em DVD, incluindo lançamentos do cinema internacional, animações, clássicos, filmes educacionais e documentários. O objetivo do projeto é potencializar as atividades culturais já desenvolvidas no Centro.

Para a apresentação do acervo do Cine Popular, o projeto conta com sofisticada aparelhagem de imagem e som: um moderno projetor com 3.500 ansi-lúmens e sistema de sonorização próprio para o local de exibição.

O CIC Oeste José Soares da Silva está localizado na Estrada de Taipas, 990. Mais informações podem ser obtidas no telefone (11) 3942-5228.

TAGS: , , ,

Deixe seu comentário

0

Criatividade e bom relacionamento nas redes sociais são fatores de diferenciação em muitas profissões contemporâneas, mas também são fundamentais para o desenvolvimento profissional de atletas de ponta. Por isso mesmo, a Nissan vai reunir alguns dos mais promissores atletas brasileiros de modalidades olímpicas e paralímpicas, integrantes do Time Nissan, em um workshop sobre criatividade, como estimular o processo criativo e o relacionamento em redes sociais.

O evento acontecerá nos dias 15 e 16 de maio em um local que já naturalmente estimula os atletas: o estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro. Este será a última ação no estádio antes dele ser repassado para ser usado na Copa do Mundo.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

As empresas socialmente responsáveis brasileiras ganham força e investem cada vez mais neste setor e conceito. Este perfil empresarial ganhou destaque de rentabilidade no último ano.

Segundo reportagem do jornal Folha de São Paulo online e do UOL (empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha), a Anbima (associação das entidades do mercado financeiro) mostram que fundos enquadrados nas categorias Sustentabilidade e Governança Corporativa tiveram retorno de 10,54% , na média,no período de 12 meses. O Ibovespa, principal subiu 4,5%, no mesmo período.

“Esse mercado tem crescido porque o interesse nesse tipo de investimento também é ascendente. E os produtos surgem à medida que a demanda cresce”, diz Sônia Favaretto, diretora de Sustentabilidade da BM&FBovespa(fonte Folha online).

TAGS: ,

Deixe seu comentário

0

A Krones do Brasil assumiu, a partir de 2011, um importante compromisso de responsabilidade social. A empresa começou a incentivar um projeto de educação organizado pelo Colégio Paulistano, no Jardim Europa, na capital paulista. O projeto, que engloba os três anos do Ensino Médio, teve início em fevereiro deste ano e vai até o final de 2013. É destinado a estudantes de famílias com poucas possibilidades de pagar um ensino de alta qualidade.

O curso, que adota o sistema de ensino UNO, do grupo Santillana, abriga 20 adolescentes, que passaram por um rigoroso processo de seleção, com provas de Português, Matemática, entrevista pessoal e com sua família. Os estudantes recebem todo o apoio para estudar, com material escolar, apostilas, uniforme, transporte e alimentação.

“Para nós, da Krones, é muito importante incentivar projetos de educação. Temos orgulho de poder participar da oferta de um ensino de alta qualidade a jovens sem acesso a boas escolas”, afirma o presidente da Krones do Brasil, Jens Hoyer.

De acordo com a parceria assinada entre a Krones do Brasil e o Colégio Paulistano, a formação educacional dos jovens está pautada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, para o pleno desenvolvimento do aluno, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o ingresso em um curso superior e no trabalho. Entre os objetivos do projeto está formar alunos com sólidas competências e habilidades, que atuem na vida social e cultural de forma ativa e digna.

TAGS: ,

Deixe seu comentário

0

Formare é o nome do projeto que tem por objetivo a formação profissional de jovens de famílias de baixa renda 

Com o objetivo de ajudar na formação profissional de jovens de famílias de baixa renda, multinacional alemã fabricante de produtos para automação e sistemas de segurança industrial, ACE SCHMERSAL, inaugurou a sua Escola Formare, importante iniciativa de responsabilidade social, que dará oportunidade de capacitação para 20 jovens, que serão qualificados como operadores de processos de montagem eletroeletrônica.

A Escola Formare é um projeto social e educacional da Fundação IOCHPE que, a partir de parcerias com empresas de grande e médio portes, oferece cursos de educação profissional para jovens de famílias de baixa renda, com idades entre 16 e 18 anos.

E essa parceria foi estabelecida com a ACE SCHMERSAL, que com isso, pretende não só ensinar uma profissão aos jovens, mas também estabelecer uma melhora no seu clima organizacional ao incentivar a atividade voluntária entre seus colaboradores que, após passarem por um processo de capacitação, irão atuar como educadores voluntários em sala de aula. A ACE SCHMERSAL também espera que essa ação sirva de inspiração para que outras empresas também estabeleçam parcerias com o Formare, beneficiando assim um número maior de jovens, integrando-os à sociedade como profissionais.

O Formare será desenvolvido anualmente, e ministrado na própria sede da ACE SCHMERSAL, em uma sala de aula projetada especialmente para atender o projeto e terá carga horária total de 715 horas/aula, mais 110 horas de prática profissional. E visa oferecer cursos de Educação Profissional, sendo as disciplinas elaboradas, acompanhadas e certificadas pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná, com foco no negócio da empresa. Todos os alunos, ao término do curso, receberão certificados e serão reconhecidos pelo MEC, com título de Formação Inicial Profissional.

Para participar deste projeto, o jovem precisa ser aluno de escola pública, residir em Boituva, não ter parentes trabalhando na ACE SCHMERSAL, ter renda máxima familiar por pessoa de até meio salário mínimo, e estar cursando o ensino médio.

Enquanto durar o curso, os jovens terão como benefícios bolsa auxílio de meio salário mínimo mensal, assistência médica, transporte, seguro de vida, uniforme e material didático.

Segundo o diretor da empresa, Rogério Baldauf, esse projeto está sendo um sucesso e até o momento somam aproximadamente 80 colaboradores da ACE SCHMERSAL que se inscreveram como Educadores Voluntários. “Para nós é um grande orgulho e uma grande satisfação poder ajudar jovens da nossa comunidade a desenvolverem suas habilidades, ampliarem seus horizontes e ensinar-lhes uma profissão. Esperamos com isso reforçar a educação e integrá-los a sociedade como profissionais e cidadãos”, finaliza.

TAGS:

Deixe seu comentário

0

Rio de Janeiro será sede do 6º Workshop de Responsabilidade Social, dia 18 de novembro, promovido pela Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração.

O evento reunirá executivos de importantes empresas siderúrgicas, de alumínio e de mineração, além do BNDES, para debater sobre o tema A Sustentabilidade na Estratégia das Organizações: Desafios e Oportunidades’. A dinâmica será em formato de mesa-redonda, painel, palestras e cases, serão realizados no Centro de Convenções da Bolsa de Valores (Praça XV de Novembro, 20), das 9 às 18 horas.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

BUSCA

CATEGORIAS

SOBRE O BLOG INDUSTRIAL

O Blog Industrial acompanha a movimentação do setor de bens de capital no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades, opiniões e análises sobre a influência econômica e política no segmento. Este espaço é um subproduto da revista e do site P&S, e do portal Radar Industrial, todos editados pela redação da Editora Banas.

TATIANA GOMES

Tatiana Gomes, jornalista formada, atualmente presta assessoria de imprensa para a Editora Banas. Foi repórter e redatora do Jornal A Tribuna Paulista e editora web dos portais das Universidades Anhembi Morumbi e Instituto Santanense.

NARA FARIA

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), cursando MBA em Informações Econômico-financeiras de Capitais para Jornalistas (BM&F Bovespa – FIA). Com sete anos de experiência, atualmente é editora-chefe da Revista P&S. Já atuou como repórter nos jornais Todo Dia, Tribuna Liberal e Página Popular e como editora em veículo especializado nas áreas de energia, eletricidade e iluminação.

ARQUIVO

seminário Rodada 10 Perspectivas faturamento máquinas negócios infraestrutura exportação IBGE CNI importação PIB Revista P&S Pesquisa Evento inovação Feira Internacional da Mecânica Artigo meio ambiente Investimento sustentabilidade FIESP Lançamento Economia tecnologia mercado máquinas e equipamentos Feimafe Feira indústria