Visite o site da P&S Visite o site do Radar Industrial Visite o site da Banas Ir para página inicial RSS

0

Com o intuito de fomentar o intercâmbio comercial entre empresas, o Simespi (Sindicato das Indústrias Metalúrgicas, Mecânicas, de Material Elétrico, Eletrônico, Siderúrgicas e Fundições de Piracicaba, Saltinho e Rio das Pedras) promoveu a segunda edição das rodadas de negócios, durante os quatro dias do Simtec 2011.

Participaram 120 empresas compradoras e vendedoras, vindas de várias cidades de São Paulo, além dos estados de Goiás e Alagoas. “As empresas associadas ao Simespi também aproveitaram a oportunidade para a troca de contatos, prospecção de novos clientes e fornecedores”, citou o presidente da entidade, Tarcisio Angelo Mascarim.

Até a tarde desta sexta-feira (17), haviam sido promovidas 150 reuniões. “As rodadas de negociações estão movimentando o estande do Simespi, com retorno positivo das empresas, que prospectaram negócios a curto e longo prazo”, contou Mascarim, ressaltando que, por questões comerciais, os empresários optaram por não divulgar valores prospectados.

Representando a Bardella S/A Indústrias Mecânicas (Sorocaba e Guarulhos), Valter Rohm está otimista. “As rodadas de negócios são a oportunidade ideal para conhecer novos e potenciais fornecedores”, comentou.

Entre as empresas vendedoras, para a Redrasfer Indústria de Auto Peças Ltda., de Rio das Pedras, representada por Marcilio Raymundo, a expectativa positiva se confirmou. “É a primeira vez que participamos de um evento como esse, pois nossos clientes são direcionados. Interessante, principalmente pela possibilidade de ampliar o leque de compradores”.

Essa também foi a primeira participação da Maqhidrau Máquinas Hidráulicas e Equipamentos Agrícolas Ltda., de Piracicaba. “Aconteceu um fato interessante. Viemos para conhecer um cliente meta da empresa, com o qual tínhamos marcado a reunião. E encontramos uma outra empresa que já estávamos de olho, sentada justamente à mesa ao lado. As conversas estão sendo bastante promissoras”, contou Jerônimo Poloni.

De acordo com Julio Cesar Mutti, da Mutti Equipamentos Industriais Ltda., de Piracicaba, as conversas foram produtivas, com possibilidade de futuros negócios. “Convidamos as empresas com as quais conversamos para uma visita. Vamos aguardar”, disse.

Também participando como empresa vendedora, a Alusolda Locação Comércio e Serviços de Solda Ltda., de Aparecida de Goiânia (Goiás), apresentou sua máquina de solda disponível para locação. “As reuniões foram interessantes. Identifiquei várias possibilidades de novos clientes. Alguns negócios devem ser fechados entre dois e três meses”, contou Paulo Cesar.

Representando a Tork Express do Brasil Ltda., de Piracicaba, Kleberson Luiz contatou potenciais novos clientes. “Estamos aqui para convidar os compradores para conhecerem melhor nossa atuação, a empresa e  nosso mix de serviços”, falou.

Para Vicente A. Secamilli, da Gusfer Indústria e Comércio Ltda., de Piracicaba, as perspectivas de novos negócios são as melhores possíveis.  “Agora é aguardar os contatos para participar de cotações”.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

Acesse o link abaixo e confira as fotos do evento Rodada 10, ocorrido no dia 31 de agosto de 2010, no Clube Banespa, SP , organizado pela Editora Banas.

http://static.slidesharecdn.com/swf/ssplayer2.swf?doc=apres-fotoseventorodada10-100914121726-phpapp02&stripped_title=apresfotos-evento-rodada-10-5199963

TAGS:

Deixe seu comentário

0

Foto: Barbara Crivelaro


Foram 20 reuniões em um único dia entre cerca de 200 empresas. Oportunidade única para os participantes

Após muito trabalho do time da editora Banas, em parceria com as entidades apoiadoras , Abimaq, CIESP Sul e SENAI, participação dos alunos da Universidade Metodista do Curso de Comunicação Social e , principalmente, com a presença e  atuação dos âncoras e ofertantes, uma média de 200 empresas do mercado industrial brasileiro, o evento Rodada 10 foi um sucesso de público e satisfação entre os participantes em sua primeira edição. A RODADA 10 é um evento de relacionamento e formação de parcerias entre as principais empresas compradoras e fornecedoras do mercado industrial nacional, que ocorreu no Esporte Clube Banespa, dia 31 de agosto de 2010.

A abertura do evento foi marcada com o pronunciamento de Cristina Banas, diretora executiva da editora, que desejou bons negócios a todos oficializando o início da 1ª rodada do dia. A dinâmica de troca de mesas realizada pelos ofertantes e o tempo de cada apresentação, controlado pelos moderadores, foram respeitados por todos, fazendo com que as rodadas fossem objetivas e a contento. Depois da pausa para o almoço o mestre de cerimônias Manoel Costa anuncia a 2ª parte das rodadas.

Antes da finalização da 19ª rodada o público assistiu, de antemão, o vídeo institucional da Editora Banas que este ano completa 60 anos de atuação no mercado, sempre priorizando um jornalismo econômico de qualidade e a melhor forma de auxilar a indústria .

Os convidados puderam presenciar também o lançamento da nova identidade visual da Revista P&S, apresentada pelo diretor comercial da Banas Paulo Galante. Dentre as alterações do projeto gráfico estão a padronização, harmonização e leveza à revista, por conta do formato das colunas, cores e fonte, proporcionando também mais clareza nas informações.

A disposição do editorial, notas técnicas, entrevistas também passaram por mudanças, para que tenham o devido destaque. A logomarca da revista muda de azul para laranja, cor que remete sucesso, estímulo, criatividade e produtividade. A edição de outubro já estará no novo formato. O vídeo institucional da empresa cita uma frase que resume o conceito destas mudanças – “Inovamos e criamos a revista do presente”.

Após tantas novidades, o Coquetel de Confraternização fechou um evento inovador em sua essência, que se consolida como pioneiro por ser a primeira ocasião em que uma Editora promove esse tipo de encontro para a indústria de máquinas e equipamentos.

O principal objetivo da Rodada 10 era fomentar negócios, aproximando empresários da indústria. Este objetivo foi alcançado, conforme opinião dos âncoras Peugeot e IMAB, que representaram os outros 18 quando solicitados para comentarem o evento pelo consultor de novos produtos do CIESP, Arnaldo Wirthmann Filho.

Martin De Haan, key account manager da Peugeot, enfatizou “Temos ótimas perspectivas. Minha preocupação durante as rodadas era atender a todos bem”.

“Foi a primeira vez que presenciei no Brasil tanta gente próxima com o mesmo objetivo,com tanta visibilidade.Parabéns à Editora Banas por não ter deixado o evento regional e sim nacional”,  disse Leonardo Ugolini, diretor presidente da IMAB.

O evento contou com as empresas âncoras A Bronzinox , Alptec , Art des Caves, Bambozzi, Blantech, Bodycote , Alpargateria,  De Angelis, Debony Usinagem e Precisão, Dystray, Extramatic, Farat, Giroflex, HGK, IMAB, Inarco, Kron Medidores, Oxigel, Peugeot, Sprimag e SEW.

Rodada 10 foi prestigiada com a presença do Candidato a Deputado Estadual Chico Feitosa, que há 14 anos se dedica a vida política prestando assessoria às campanhas como a de Geraldo Alckmin e Ricardo Tripolli. Diretamemte ligado ao empresariado, Feitosa é autor do projeto de lei que solicita isenção do ICMS (Imposto sobre circulação de mercadorias e prestação de serviços) na compra de veículos para representantes comerciais, cuja função já exerceu antes da política.

O evento também teve a participação do diretor titular da CIESP Sul, Jorge Lehm Muller.

TAGS: , , , ,

Deixe seu comentário

0

Com novo projeto gráfico, a Editora Banas reafirma seu compromisso em melhorar continuamente seus produtos e serviços acompanhando as tendências e tecnologias

“Garantir a melhoria contínua dos nossos produtos e serviços, preservando os três princípios que norteiam a empresa desde a sua fundação: honestidade, verdade na informação e ética”. A política de qualidade da Editora Banas norteia todas as mudanças que aconteceram e acontecem ao decorrer destes 60 anos de comprometimento com o jornalismo econômico, pois o objetivo de superar expectativas dos clientes (leitores e anunciantes) só é alcançado com ações arrojadas, criativas, versáteis e atuais. Um verdadeiro legado da Editora para a história da imprensa do país.

A Banas, sempre conhecida pela sua postura inovadora, criou em seu início o Boletim Econômico, a primeira revista em formato de boletim com visão macroeconômica do cenário mundial, que se tornaria Revista Banas. Fazendo uma breve retrospectiva, desde então surgem os Anuários Setoriais com títulos como: Brasil Industrial, Brasil Financeiro, Imagem do Brasil e América Latina, Anuário de Química e Petroquímica, Anuário Metalmecânico além de Quem é Quem na Indústria.

Na década de 70, conforme as tendências mundiais, a Banas lança a revista tablóide P&S Produtos e Serviços voltada ao setor de bens de capital. Nos anos 80 surge a revista Controle de Qualidade, Banas de Qualidade, seguida pela Pack, Metrologia e Instrumentação e a Pack Agroindústria. E na década de 90 a Pack Embalagens.

Em 2010 a Banas consolida sua característica vanguardista anunciando ao mercado a nova identidade visual de sua publicação P&S. O lançamento deste projeto aconteceu durante a Rodada 10, rodada de negócios voltada ao setor industrial brasileiro, ocorrida ontem no Clube Banespa, São Paulo, anunciado por Cristina Banas,diretora executiva da Editora e também por Paulo Galante,diretor comercial. Um evento inovador, realizado pela primeira vez por uma editora, que contou com o apoio da Abimaq, Cies Sul e Senai.

Dentre as alterações do projeto gráfico estão a padronização, harmonização e leveza à revista, por conta do formato das colunas, cores e fonte, proporcionando também mais clareza nas informações. A disposição do editorial, notas técnicas, entrevistas também passarão por mudanças, para que tenham o devido destaque. A logomarca da revista muda de azul para laranja, cor que remete sucesso, estímulo, criatividade e produtividade. A edição de outubro já estará no novo formato.

Uma nova marca denota novo posicionamento. Esta é a mensagem que a revista P&S deixa ao mercado e ao público, no ano em que completa seus 60 anos. Diretamente ligada ao aperfeiçoamento e adequação ao mundo globalizado atual, a Banas respeita e acompanha as  tendências e resume o conceito destas mudanças em uma frase: Inovamos e criamos a revista do presente.

TAGS: , , , ,

Deixe seu comentário

0

A SEW–EURODRIVE, empresa de origem alemã fundada em 1931,  tem como ação constante  a  participação de rodadas de negócios na condição de empresa âncora/compradora.

Jose Luis Gonçalves Silva,gerente de compras da empresa, considera a participação neste tipo de evento sempre muito interessante, pela quantidade de fornecedores.“Ao longo dos anos, percebemos que as empresas estão se aprimorando para tornarem-se mais atrativas, temos constante interesse em conhecer novos fornecedores e prospectar novos clientes. Neste sentido, este tipo de evento auxilia nossos esforços”afirma Silva.

Para o executivo, a postura adequada aos ofertantes baseia-se em uma comunicação e abordagem claras e objetivas.

A SEW passa hoje por um momento de conquistas de novos mercados e investimento contínuo na estrutura e em novos produtos. Oferece ao mercado uma linha completa para a área de acionamentos, que inclui redutores, motoredutores e conversores de freqüência. Os produtos atendem diversos setores da indústria, como metalúrgico, siderúrgico, alimentos e bebidas, máquinas-ferramentas, mineração, agrícola, agropecuário, papel e celulose, automobilístico e serviços.

No Brasil desde 1978, A SEW–EURODRIVE está presente em 46 países e possui 12 fábricas instaladas na França, Finlândia, Estados Unidos, Rússia, China e Brasil. Sua estrutura ainda inclui 66 montadoras localizadas em vários pontos do mundo.

TAGS: , , ,

Deixe seu comentário

0

Os preparativos para a 1ª Rodada de Negócios, a Rodada 10, promovida pela Editora Banas e direcionada ao setor industrial, estão a todo vapor. O evento, que acontecerá em 31 de agosto, das 9h às 19h, conta com a parceria do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo – Ciesp – Distrital Sul, do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai e da Associação Brasileira das Indústrias de Máquinas e Equipamentos – Abimaq.

Com foco na geração de oportunidades e fomento de negócios, profissionais qualificados do mercado industrial participarão de reuniões dinâmicas, nas quais poderão expor seus produtos/serviços e conceitos, explorando a assertividade em seus diálogos.

Entenda melhor a dinâmica deste dia, papel dos participantes, assim como a operacionalização do evento:

Empresas âncoras participantes: Importantes representantes do mercado industrial, dispostas a firmar relacionamento e fomentar negócios futuros entre as empresas ofertantes. As mesas serão presididas por empresas como Bronzinox, Alptec, Art des Caves, Blantech, Bodycote, Cervera Alpargateria, De Angelis, Debony Usinagem e Precisão, Extramatic, Farat, Giroflex, HGK, IMAB, Inarco, Kron Medidores, Oxigel, Sprimag, Peugeot.

Os ofertantes: Serão 200 empresas do setor industrial interessadas em oferecer seus produtos e serviços, trocando ideias e conhecimentos. Uma oportunidade de selar parcerias importantes por meio do contato direto com os âncoras, assim como com outras empresas que podem tornar-se clientes e futuros fornecedores.

Operacionalização: Cada mesa terá 1 empresa âncora e 10 ofertantes. A troca será em forma de rodízio, totalizando, portanto, 11 empresas por mesa.

Em cada reunião as âncoras terão 2 minutos para apresentação. Ofertantes contarão com 1 minuto para divulgar de forma clara e objetiva seus produtos e serviços. Tanto ofertantes como âncoras poderão distribuir seus cartões de visita e materiais publicitários, se assim preferirem.

Sendo assim, a duração de cada rodada será de 12 minutos. Antes do início das atividades, todos os participantes receberão um roteiro da dinâmica do evento. Essa dinâmica prevê troca de mesas de modo que não haja repetição na mesa dos âncoras visitados.

Ofertantes e âncoras terão a oportunidade única de conhecer todos os participantes do evento, difundindo assim seus conceitos, produtos e serviços para grandes nomes do setor industrial nacional.

Coquetel de fechamento: Este momento foi inserido à programação para proporcionar aos participantes mais uma chance de aproximação, para que a troca não se restrinja apenas àquela desenvolvida nas mesas de rodadas, inclusive comerciais. Um momento informal que dá suporte à formação de parcerias.

Informações

Local: Esporte Clube Banespa (Avenida Santo, 5355, São Paulo).
Contatos: (11) 3500-1900 / (11) 3500-1912 ou publicidade@banas.com.br.
Vagas limitadas! Acesse: www.rodada10.com.br.
Siga-nos pelo http://twitter.com/@rodada10.

(Tatiana Gomes)

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

O mercado brasileiro está em constante mudança e o empresário, seja ele de pequeno, médio ou grande portes, tem de se preparar para tais transformações. Como exemplo recente, podemos lembrar o quadro que a crise mundial de 2008/2009 deixou em vários países: acontecimento especulativo que abalou investimentos, aumentou a taxa de desemprego e deixou algumas sequelas. Contudo, qual a melhor forma para se precaver de surpresas desagradáveis, e sobreviver às crises, ou até mesmo tirar proveito delas? Felizmente, existem profissionais qualificados que, com sua experiência, prestam consultoria com visão ampliada das possíveis saídas e artimanhas nesses casos.

Nelson Bruxelas Beltrame é um exemplo nesse ramo. Graduado em engenharia de produção, Beltrame tem mais de duas décadas de vivência nas áreas de análise de custos, orçamento empresarial, planejamento e controle da produção e logística integrada para empresas de grande, médio e pequeno portes nas áreas da indústria, comércio e serviços, entre outros.

Como proprietário do Portal Custos, o especialista presta consultoria em sistemas de gestão estratégica de compras e de formação de preços para comércio e indústria. Seu site possui clientes como: Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos – Abimaq, Fundação Instituto de Administração – FIA/USP, Grupo Saint Gobain, Roche Diagnóstica Brasil.

No workshop Rodada 10, Beltrame será um dos palestrantes e discutirá o tema Tendências do Mercado Brasileiro de Consumo e o Impacto de Novas Regras Tributárias. Para ele, também professor da FIA em MBAs e cursos executivos, o ambiente atual é de mudanças e acompanhá-las faz parte da sobrevivência das empresas. “Você pode tornar-se obsoleto ou ultrapassado, mesmo sendo um líder de mercado, simplesmente por não acompanhar as mudanças do ambiente em que vive.”

Segundo o especialista, essas mudanças fazem parte da evolução humana. Contudo, analisa que nunca vivenciamos no passado esta profundidade de transformações em tão curto espaço de tempo, e salienta: “Para que um empresário possa atualizar-se constantemente é necessário manter contato direto com os meios de comunicação disponíveis, sejam eles impressos, televisivos ou digitais, da forma mais focada possível”.

Beltrame enxerga que o volume de informações colocadas no mercado hoje em dia também tem seu lado negativo por conta de sua grande quantidade disponível. Quanto mais específico for o veículo de informação, mais assertivo o empresário será em seus objetivos.  

Em sua palestra na Rodada 10, a ser realizada no dia 31 de agosto, Beltrame abordará a implementação eficaz da Nota Fiscal Eletrônica, a Substituição Tributária de ICMS e o SEPD Fiscal. “Não necessitamos temer estas novas modalidades de gestão do fisco, necessitamos sim compreendê-las e dominá-las em seus aspectos organizacionais e estratégicos.”

O palestrante cita participações em eventos como Rodada 10 uma importante oportunidade de apresentar produtos e serviços, assim como localizar soluções e novos recursos.

Currículo do palestrante – Pós-graduado em engenharia de produção e gerência de operações e graduado em engenharia de produção, possui 25 anos de vivência nas áreas de análise de custos, orçamento empresarial, projetos de viabilidade econômico-financeira, sistemas informatizados de gestão integrada, planejamento e controle da produção e logística integrada para empresas de grande, médio e pequeno portes nas áreas da indústria, comércio e serviços.

É diretor da Data Custos – Análise e Gerenciamento de Sistemas, instrutor da Fiesp/Ciesp, Sindipeças, Abimaq, Abifa, Sindiplast, Simabesp, Saint Paul, Canal Varejo, Integração e outros. É também colaborador do livro Finanças no Varejo (3ª edição) e proprietário do Portal Custos (www.custos.com.br).  Faz parte do Laboratório de Finanças, centro institucional voltado para as ciências financeiras que promove pesquisas e exploração de aplicações e técnicas de finanças contemporâneas no Brasil.

Sobre o evento – Rodada 10 é um evento de relacionamento e formação de parcerias entre as principais empresas compradoras e fornecedoras do mercado industrial do Brasil, que acontecerá no dia 31 de Agosto, no Esporte Clube Banespa, em São Paulo, SP. Informações sobre inscrições e participações no Workshop no www.rodada10.com.br ou (11) 3500-1900. (Tatiana Gomes)

TAGS: , , , , , , , , , ,

Deixe seu comentário

0

Especializado nos ramos de diversidade, trabalho em equipe, resultados e profissionalismo, o Instituto EcoSocial promove estudos, pesquisas e publicações que ampliam e divulgam a Ecologia Social há 9 anos. Apoiando estratégias e processos de mudança organizacional por meio da educação e do desenvolvimento dos indivíduos, a Ecologia Social resume-se na qualidade das relações humanas como base no desenvolvimento e progresso da sociedade.

No pós-segunda guerra mundial os conceitos de Ecologia Social foram difundidos pelo psiquiatra e educador holandês Bernard Lievegoed, fundador do NPI-Nederlands Paedagogisch Institut. Na década de 70, este movimento chega ao Brasil por intermédio de profissionais e instituições ligados à Antroposofia, ciência desenvolvida por Rudolf Steiner, nos primeiros anos do século 20. Tal ciência potencializa as faculdades básicas do ser humano (pensar, sentir, querer), de indivíduos e grupos, entre outros, para um desenvolvimento consciente e verdadeiro. Pela iniciativa de experientes consultores, com o intuito de contribuir para o desenvolvimento orgânico e integrado da sociedade, nascia em 2001 o Instituto EcoSocial.

O Instituto EcoSocial é reconhecido como especialista em programas de treinamento, coaching, consultoria em processos de desenvolvimento organizacional, estudos, pesquisas e publicações que ampliam e divulgam a Ecologia Social, formação de lideranças para empresas, governos e sociedade civil.

Entre seus membros estão Fátima Helou e José Luiz Fonseca Ferreira, palestrantes do workshop sobre Sustentabilidade, organizado pela Editora Banas no evento Rodada 10, que acontece em 31 de agosto, no Clube Banespa, em São Paulo, SP.

Fátima Helou é facilitadora de processos de desenvolvimento, coach organizacional, membro fundadora e atual presidente da Associação de Pedagogia Social e uma das coordenadoras dos seminários de desenvolvimento do ser social. José Luiz Fonseca é formado em engenharia, com especialização em administração e pós-graduação em marketing, membro ativo da Sociedade Antroposófica Universal Dornach-Suíça, consultor de desenvolvimento organizacional e coach. (Tatiana Gomes)

TAGS: , , , , , , ,

Deixe seu comentário

0

Em 26 de maio, empresas da Baixada Santista participaram da 1ª Sessão de Negócios do setor de tecnologia da informação e comunicação, TIC, no Parque Balneário, em Santos, SP.

A iniciativa nasceu de um conjunto de ações do projeto de fortalecimento do setor e teve o apoio da Agência Metropolitana da Baixada Santista, Agem, da prefeitura de Santos, da Associação Comercial da cidade e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo, Ciesp.

O evento fez parte de um sistema de reuniões comerciais, organizadas pelo Sebrae-SP, com o intuito de integrar empresas. Além de terem a oportunidade dos encontros, tiveram como divulgar seus materiais promocionais (CD-Rom, catálogos etc).

Os participantes avaliaram o evento como dinâmico e produtivo. O que prova a eficácia de Rodadas de Negócios nos mais diversos setores, principalmente pela interação entre as empresas. (Tatiana Gomes)

Serviço

Informações sobre a Rodada 10, rodada de negócios que acontece em 15 de julho, no Clube Banespa, em São Paulo, e é promovida pela Editora Banas, com o apoio do Ciespe-Sul, Senai e Abimaq, acesse www.rodada10.com.br, ou siga-a no twitter:  http://twitter.com/rodada10.

TAGS: , , , , ,

Deixe seu comentário

0

A Rodada 10, evento da Editora Banas que acontecerá no dia 15 de julho no Clube Banespa, em São Paulo, terá importantes empresas âncoras, como Bronzinox, Alptec, Ancona Ferramentas de Precisão, Art des Caves, Blantech, Bodycote, Bohler Aços Especiais, Cervera Alpargateria, De Angelis, Debony Usinagem de Precisão, Extramatic, Farat, Giroflex, HGK, IMAB, Inarco, Kron Medidores, Oxigel, Sprimag, entre outras.

Estas empresas receberão os chamados ofertantes para conhecerem seus produtos e serviços, construindo assim parcerias. Uma chance singular de comunicação direta. O ofertante poderá falar com importantes nomes do mercado industrial nacional. “A dinâmica e a estruturação concebidas na Rodada 10 proporcionará grande aproveitamento, mesmo tendo cada empresa um curto período de exposição durante as negociações. Sem dúvida, as reuniões e workshops abrirão portas para todas as empresas participantes”, diz Roberto Marchetti Bedicks, diretor da empresa âncora Kron Instrumentos Elétricos Ltda.

Entre os objetivos da Rodada 10 também está a ampliação das redes de network. Muitos âncoras acreditam na importância de falar com pequenos grupos de empresários de cada vez, expondo assim suas ideias e respondendo dúvidas de maneira objetiva. “A Rodada 10 será importante para melhor avaliação de estratégias em novos negócios. Os workshops voltados ao seu segmento atualizam e trazem novos conhecimentos”, comenta Márcia Dias, diretora da empresa âncora Blantech Ind.Com.e Serviços Ltda.

Para o diretor comercial da âncora Ancona Ferramentaria de Precisão Ltda., o evento funciona como uma dinâmica, que serve como veículo de otimização de tempo e gerador de oportunidades inexploradas em condições comerciais tradicionais. Uma aproximação direta entre empresas compradoras e vendedoras: “Quem se preparou melhor para essa fase e estiver atento a estas possibilidades poderá alavancar grandes negócios”.

Sobre o atual momento da economia brasileira, também há credibilidade e intenção de investimentos. “Sem dúvida o mercado está em um momento singular. Deve se aproveitar para investir em equipamentos, novas tecnologias e capacitação profissional, principalmente, micros, pequenos e médios empresários, que precisam aprimorar os seus produtos e serviços de olho em novos mercados, clientes, sustentabilidade e excelência na qualidade com responsabilidade social.” enfatiza Denisson Tulli De Angelis, gerente comercial da empresa âncora De Angelis Ind.Com.Máquinas Ltda.

Alcir Vidigal, sócio gerente da âncora Art de Caves Ind.de Móveis Refrigeradores Ltda., complementa esta afirmação: “Podemos dizer com absoluta certeza que o mercado já está reaquecido. Indicadores da economia e os resultados obtidos desde 2009 evidenciam, para nós, este cenário mais positivo”.

A Art des Caves demonstra estes números nos diversos investimentos realizados em 2009, com a abertura de duas lojas (uma em São Paulo e outra em Brasília), e em 2010, com a contratação de colaboradores, compra de novos equipamentos e abertura de uma loja prevista para outubro deste ano.

Para os âncoras e ofertantes o evento abre um panorama interessante para repensar seus processos produtivos, realizar novos investimentos, fechar bons negócios e obter vantagens competitivas em relação aos seus concorrentes. (Tatiana Gomes)

TAGS: , , , , , , , , , , ,

Deixe seu comentário

BUSCA

CATEGORIAS

SOBRE O BLOG INDUSTRIAL

O Blog Industrial acompanha a movimentação do setor de bens de capital no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades, opiniões e análises sobre a influência econômica e política no segmento. Este espaço é um subproduto da revista e do site P&S, e do portal Radar Industrial, todos editados pela redação da Editora Banas.

TATIANA GOMES

Tatiana Gomes, jornalista formada, atualmente presta assessoria de imprensa para a Editora Banas. Foi repórter e redatora do Jornal A Tribuna Paulista e editora web dos portais das Universidades Anhembi Morumbi e Instituto Santanense.

NARA FARIA

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), cursando MBA em Informações Econômico-financeiras de Capitais para Jornalistas (BM&F Bovespa – FIA). Com sete anos de experiência, atualmente é editora-chefe da Revista P&S. Já atuou como repórter nos jornais Todo Dia, Tribuna Liberal e Página Popular e como editora em veículo especializado nas áreas de energia, eletricidade e iluminação.

ARQUIVO

seminário Rodada 10 Perspectivas faturamento máquinas negócios infraestrutura exportação IBGE CNI importação PIB Revista P&S Pesquisa Evento inovação Feira Internacional da Mecânica Artigo meio ambiente Investimento sustentabilidade FIESP Lançamento tecnologia mercado Economia máquinas e equipamentos Feimafe Feira indústria