Visite o site da P&S Visite o site do Radar Industrial Visite o site da Banas Ir para página inicial RSS

0

unnamed (2)Por Rilson Silva*

Assim como o mercado agroindustrial, a mineração é uma locomotiva econômica para o Brasil, uma vez que o país é um forte exportador de commodities e o minério se faz presente nas mais diversas áreas. Para se ter uma ideia, somente no primeiro trimestre de 2021, o setor teve um faturamento de R$ 70 bilhões, de acordo com o Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM). O que poucos sabem, no entanto, é que os lubrificantes exercem um papel fundamental para o desenvolvimento da atividade mineradora.

Quando falamos em mineração, nos referimos a equipamentos de grande porte, com desgaste excessivo e cargas extremas. Neste sentido, a utilização de lubrificantes de alta performance, além de reduzir custos operacionais, garante a vida útil, evita a deterioração do maquinário e previne graves acidentes, mantendo maior disponibilidade operacional.

As principais aplicações dos lubrificantes na atividade mineradora

No segmento de mineração, as aplicações de lubrificantes vão desde equipamentos móveis, na extração do minério, passando pelos motores elétricos e à combustão, até nos equipamentos estacionários que transformam o minério no produto final. Entre todas estas opções, existem lubrificantes específicos para cada uma delas e usar produtos de performance corretamente significa aumentar confiabilidade e eficiência do equipamento e até mesmo reduzir o intervalo de lubrificação e disponibilidade. Seja para engrenagens, motores, transmissões, correias, cabos de aço, sistemas hidráulicos, pinos, buchas, juntas ou até mesmo fluídos de refrigeração, os diferentes tipos de lubrificantes exercem funções particulares que possibilitam o funcionamento de cada equipamento.

Na atividade mineradora, além de exercer a função tradicional de reduzir o atrito entre as peças, os lubrificantes são responsáveis, em alguns casos, por auxiliar na refrigeração de peças, fazendo a troca de calor entre equipamento e ambiente. Estas funções são essenciais para garantir que o equipamento não sofra uma deterioração precoce e, consequentemente, exija gastos superiores durante o processo de mineração.

O impacto da manutenção preventiva para o processo produtivo

Maquinário quebrado é sinônimo de prejuízo em todos os setores da indústria. No segmento de mineração isso não é diferente. Na verdade, é ainda maior, dado o alto custo dos equipamentos. Por conta disso, realizar a manutenção preventiva das máquinas evita, não só que o processo de produção seja interrompido por possíveis danos a estes equipamentos, mas gastos elevados com consertos desnecessários.

Desta forma, a manutenção preventiva e correta dos equipamentos se faz necessária para execução da atividade mineradora. Optar por produtos de qualidade com o suporte técnico do fabricante do lubrificante é sempre a melhor maneira de evitar problemas maiores. Ou seja, utilizar lubrificantes de performance adequada faz com que o processo produtivo seja mais econômico e sustentável e os valores iniciais transformem-se em investimentos a médio e longo prazo.

Coordenador da Divisão de Mineração da FUCHS*

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

De 24 a 26 de novembro, no Rio de Janeiro, RJ, acontecerá a Primeira Conferência Internacional de Tribologia, a Tribo Br-2010. O objetivo do evento é organizar e criar atividades contínuas nesta área, que vem adquirindo substancial desenvolvimento e aumento de interesse nos últimos anos no Brasil devido às suas inúmeras possibilidades ao tratar da interação de superfícies em movimento relativo, especificamente o atrito, o desgaste e a lubrificação.

A iniciativa da Associação Brasileira de Metalurgia, Materiais e Mineração, ABM – que já criou a Divisão Técnica de Tribologia -, tem escopo multidisciplinar e traçará o estado da arte e tendências futuras na pesquisa e aplicação desta ciência. O evento tem também como meta ser um fórum internacional para que pesquisadores e profissionais possam trocar informações, apresentar novas descobertas, estabelecer uma nova rede de contatos internacional e discutir o futuro e prioridades da Tribologia.

De acordo com a organização, a geração e conservação de energia, a redução da fricção e atrito e a preservação do meio-ambiente são preocupações especiais, além da contribuição para a inovação no século 21 e o crescimento sustentável da sociedade.

Os profissionais ligados à Tribologia que desejarem participar com apresentação de trabalhos no Tribo BR 2010 podem preencher o formulário para envio de resumos, no endereço http://www.abmbrasil.com.br/seminarios/tribologia/2010/sending-abstract/

Mais informações na página do evento, no http://www.abmbrasil.com.br/seminarios/tribologia/2010/default-i.asp

TAGS: , , ,

Deixe seu comentário

BUSCA

CATEGORIAS

SOBRE O BLOG INDUSTRIAL

O Blog Industrial acompanha a movimentação do setor de bens de capital no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades, opiniões e análises sobre a influência econômica e política no segmento. Este espaço é um subproduto da revista e do site P&S, e do portal Radar Industrial, todos editados pela redação da Editora Banas.

TATIANA GOMES

Tatiana Gomes, jornalista formada, atualmente presta assessoria de imprensa para a Editora Banas. Foi repórter e redatora do Jornal A Tribuna Paulista e editora web dos portais das Universidades Anhembi Morumbi e Instituto Santanense.

NARA FARIA

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), cursando MBA em Informações Econômico-financeiras de Capitais para Jornalistas (BM&F Bovespa – FIA). Com sete anos de experiência, atualmente é editora-chefe da Revista P&S. Já atuou como repórter nos jornais Todo Dia, Tribuna Liberal e Página Popular e como editora em veículo especializado nas áreas de energia, eletricidade e iluminação.

ARQUIVO

negócios infraestrutura máquinas exportação Perspectivas IBGE importação PIB CNI máquina Revista P&S Evento Feira Internacional da Mecânica Pesquisa inovação Artigo Investimento FIESP meio ambiente sustentabilidade Lançamento máquinas e equipamentos mercado Economia Feimafe tecnologia Feira Site P&S Radar Industrial indústria