Visite o site da P&S Visite o site do Radar Industrial Visite o site da Banas Ir para página inicial RSS

0

Professional middle aged truck driver in casual clothes driving truck vehicle and delivering cargo to destination.Dedicada ao Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho e Dia Nacional em Memória das Vítimas de Acidentes e Doenças do Trabalho, a data é sinônimo de farol amarelo, um alerta para os recursos humanos das empresas.

Na área de logística não poderia ser diferente. Temos muitos motoristas que arriscam a vida nas vias brasileiras todos os dias e é necessário que as empresas invistam em tecnologias que atuem na prevenção dos acidentes. De acordo com dados do Observatório Nacional de Segurança Viária (Onsv), a cada 15 minutos uma pessoa perde a vida em acidentes de trânsito, além de ferimentos e sequelas em um indivíduo a cada 2 minutos.

Mas como a tecnologia pode ajudar? Segundo Nilson Brizoti, diretor de tecnologia e produtos da Pointer by PowerFleet Brasil – multinacional especializada em mitigar acidentes envolvendo frotistas, a Internet das Coisas (IoT) abre um novo mundo para instituições que trabalham com pessoas atrás do volante.

Como exemplo, ao aplicar uma solução como a Safety, o gestor de frotas conta com uma série de benefícios que chegam a reduzir em 35% a possibilidades de acidentes e avarias durante a rota da logística e em até 65% na gravidade casos.

- Direção responsável: curvas perigosas, freadas bruscas, velocidade acima do permitido. Todos esses comportamentos são um prato cheio para uma colisão. Isso pode ser revelado ao gestor, ou seja, o motorista tem cada passo seu registrado e corrigido, inclusive, com instruções em tempo real. Assim, o RH de uma empresa, por exemplo, pode até beneficiar os melhores motoristas, indicar cursos e reciclagens para aqueles que estão fora do compliance, ou seja, encontrar a melhor forma de incentivo aos motoristas.

- Gestão de fadiga: como monitorar sono ou cansaço de quem está atrás do volante? Existe uma câmera que, além de tirar uma foto, emite um alerta para os responsáveis. Desta forma, os gestores poderão analisar há quanto tempo aquele condutor está ao volante, se precisa descansar ou se há alternativas para prevenir um acidente.

- Manutenção: a tecnologia leva isso ao seu máximo potencial, já que permite uma visão completa sobre o estado físico do veículo: se a caixa de câmbio está comprometida, se a pressão do ar nos pneus está adequada ou até mesmo qual é a rotação do motor. Com esse tipo de informação, um gestor de frotas consegue, assertivamente, programar manutenções, evitar a troca constante de peças, prevenir panes e, com isso, reduzir os acidentes.

A IoT salva vidas, portanto, uma empresa não pode viver alheia às tecnologias que podem mudar todo um rumo de uma história que poderia ser fatal. Segurança e responsabilidade devem ser provenientes das mãos dos empresários, afinal, o exemplo começa de cima.

Sobre Nilson Brizoti: Como Diretor de Tecnologia e Produtos da Pointer by PowerFleet Brasil Nilson é responsável pelo Departamento de Pesquisa e Desenvolvimento para criar tecnologias para redução de custos, prevenção de acidentes, minimizar riscos e controlar ativos móveis. Possui Pós Graduação em Administração de Sistemas Integrados pela FGV/Eaesp e MBA em Gestão de Operações, Produtos e Serviços pela POLI/USP – Escola Politécnica da USP.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

BUSCA

CATEGORIAS

SOBRE O BLOG INDUSTRIAL

O Blog Industrial acompanha a movimentação do setor de bens de capital no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades, opiniões e análises sobre a influência econômica e política no segmento. Este espaço é um subproduto da revista e do site P&S, e do portal Radar Industrial, todos editados pela redação da Editora Banas.

TATIANA GOMES

Tatiana Gomes, jornalista formada, atualmente presta assessoria de imprensa para a Editora Banas. Foi repórter e redatora do Jornal A Tribuna Paulista e editora web dos portais das Universidades Anhembi Morumbi e Instituto Santanense.

NARA FARIA

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), cursando MBA em Informações Econômico-financeiras de Capitais para Jornalistas (BM&F Bovespa – FIA). Com sete anos de experiência, atualmente é editora-chefe da Revista P&S. Já atuou como repórter nos jornais Todo Dia, Tribuna Liberal e Página Popular e como editora em veículo especializado nas áreas de energia, eletricidade e iluminação.

ARQUIVO

novidade máquinas exportação Meio Ambiente Industrial Perspectivas IBGE importação PIB CNI máquina Revista P&S Evento Feira Internacional da Mecânica Pesquisa inovação Artigo FIESP Investimento meio ambiente sustentabilidade Lançamento máquinas e equipamentos mercado Economia Feimafe tecnologia Feira indústria Site P&S Radar Industrial