Visite o site da P&S Visite o site do Radar Industrial Visite o site da Banas Ir para página inicial RSS

0

feiraA TÀ PAGO, que disponibiliza uma sistema de gerenciamento de benefícios via celular, estará presente na feira Cards, Payment & Identification 2016, que será realizada de 15 a 17 de junho no Expo Center Norte, em São Paulo. A empresa aproveitará a oportunidade para lançar um novo serviço: o Private Label Mobile para grandes redes de varejo. O modelo, que está sendo testado junto a uma instituição da cidade de Pompéia, no interior de São Paulo, concentra toda a operação no celular, eliminando a necessidade de um cartão, além de reduzir custos.

“Estamos animados em participar da Cards, onde teremos um espaço de demonstração da nossa tecnologia. Um dos destaques será a nossa solução de pagamento mobile em um terminal de autoatendimento (“self-checkout”). Queremos reforçar o nosso posicionamento como uma empresa de mobile wallet”, afirma Vinicius Amorim, CEO da TÁ PAGO.

Atualmente, a empresa adota o modelo de pré-pago, em que o usuário compra créditos que são utilizados em uma rede conveniada – cerca de 250 estabelecimentos em Marília (SP). Outra oferta da TÁ PAGO é a gestão de benefícios trabalhistas, por meio de TÁ PAGO Alimentação, TÁ PAGO Refeição, TÁ PAGO Combustível e Convênio TÁ PAGO. “O grande diferencial em relação à nossa concorrência são as taxas mais baixas de administração – 3% contra 5% à 9% de outras companhias que atuam nesse setor de benefícios. Pela TÁ PAGO, é possível que o trabalhador tenha todos os benefícios em contas separadas e independentes, porém em um único aparelho celular”, ressalta Amorim.

Para 2016, a empresa espera expandir sua operação na região de Marília e Bauru, com possibilidades de ampliar a atuação em Jundiaí e incorporar o mercado de Campinas. “Nosso sistema é simples, seguro e contempla todos os modelos de celulares, com a facilidade de receber uma senha via SMS para informar o lojista e finalizar a operação”, explica o CEO da TÁ PAGO.

De acordo com o executivo, o consumidor é cada vez mais mobile. “Hoje em dia, ninguém mais sai de casa sem o celular; caso o esqueça, volta para buscá-lo. Já quando esquecemos a carteira, acabamos pegando dinheiro emprestado com alguém. Portanto, nada mais prático do que nosso aparelho celular ser nossa própria carteira”, ressalta Amorim.

Serviço

Feira Cards
Dias: 15 a 17 de junho de 2016
Local: Expo Center Norte – Pavilhão Azul
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme

 

TAGS: , , , ,

Deixe seu comentário

0

sebraeEntre 20 e 23 de fevereiro, a Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil participará da Feira do Empreendedor Sebrae-SP, em São Paulo. A quinta edição do evento na capital do estado está focada em empreendedorismo, capacitação e mercado para futuros empresários, microempreendedores individuais, empresas de pequeno porte e outros interessados. No estande da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, os participantes poderão conhecer e se aprofundar sobre os benefícios dos padrões de automação em seus negócios. Por tratar de um público predominantemente empreendedor, a GS1 Brasil disponibilizará todas as informações necessárias para auxiliar aos participantes com a tecnologia mais adequada ao seu neg& oacute;cio, de maneira que ele possa agregar valor e aumentar a competitividade no mercado com um sistema padronizado, utilizado no mundo todo.

A Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil levará para o evento um portfólio de soluções que beneficiam os empresários de todos os portes com automação e gestão. “Explicaremos coo os empreendedores podem atribuir código de barras aos seus produtos, como a identificação padronizada facilita processos de gestão de estoque e a venda para grandes varejistas, uma vez que o código padrão é obrigatório por ser uma prática de mercado”, afirma Karina Rocha, assessora de negócios da entidade. A assessora ressalta ainda a importância da padronização na identificação de produtos e serviços para quem pretende exportar.

Haverá no espaço da GS1 Brasil pessoal capacitado a atender e associar em tempo real os interessados em fazer parte da entidade (https://www.gs1br.org/faq/beneficios-em-associar-se-a-gs1-brasil). Os visitantes terão também a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre o Cadastro Nacional de Produtos (CNP), ferramenta on-line criada pela GS1 Brasil para auxiliar a indústria e o varejo no cadastro e gerenciamento de informações. O CNP pode ser usado por pequenas, médias e grandes empresas de qualquer segmento. É um recurso que proporciona boa visibilidade para as empresas que, cada vez mais, buscam transparência e segurança aos processos.

Atualmente, 78% do quadro associativo da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil é formado por micro e pequenas empresas, ou seja, 45 mil empresários utilizam os padrões GS1 em seus negócios em diferentes setores do mercado. É uma realidade que fortalece o trabalho da entidade em disseminar a adoção da automação para alavancar o mercado.

Serviço
Feira do Empreendedor Sebrae-SP
20 a 23 de fevereiro, das 10h às 21h
Pavilhão de Exposições do Anhembi; Av. Olavo Fontoura, 1209, São Paulo, SP
Visite o estande da Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil
Endereço: RP64 área serviços

 

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

rioEvento é promovido pelo IBP e vai discutir novas tecnologias para o setor de óleo e gás

Nos dias 25 e 26 de maio, o Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) promove a 8ª edição do Rio Automação. O congresso será realizado no Windsor Atlântica, em Copacabana, no Rio de Janeiro. Com o tema “Trazendo o Novo e Resgatando os Fundamentos da Instrumentação e Controle”, o evento vai discutir como utilizar conhecimentos antigos para a solução de problemas novos, oriundos da adoção de tecnologias mais modernas.

A programação do evento será composta de palestras, mesas redondas, painéis, além de sessões técnicas, onde os profissionais terão a oportunidade de expor seus trabalhos mais recentes na área. Especialistas das principais empresas nacionais e internacionais do segmento de automação estarão presentes.

Entre os palestrantes, está o engenheiro de automação da Petrobras, Alexandre Maia. Ele abrirá o Congresso com uma palestra sobre o tema central do evento. “A automação está presente em nossas vidas de uma forma que não percebemos. As novas tecnologias buscam trazer soluções para problemas antigos, mas em algumas situações, utilizar os conhecimentos prévios e já consolidados podem simplificar tudo. Todas as coisas que evoluíram não foram dispensadas ou colocadas de lado, elas simplesmente tomaram outra forma e se inseriram no nosso cotidiano de outra maneira.”, diz.

O Congresso também terá palestras do diretor de vendas da Honeywell, Jim Alipperti; da Gerente de Projetos da White Martins, Rejane Jardim; e de Marcos Peluso, da Emerson. A instrumentação e suas implicações no Big Data, o futuro das operações com o wireless e as atividades remotas em plantas não assistidas são alguns dos assuntos que serão debatidos.

“Esperamos que os debates sobre temas de tamanha relevância durante o evento contribuam na busca pela excelência desse segmento”, ressalta Raimar van den Bylaardt.

O Congresso Rio Automação é realizado a cada dois anos com apoio técnico da Comissão de Instrumentação e Automação do IBP, que reúne os principais nomes do setor e discute assuntos pertinentes ao segmento no setor de óleo e gás.

SERVIÇO:

 

RIO AUTOMAÇÃO 2015

Quando: 25 e 26 de maio

Local: Hotel Windsor Atlântica (Av. Atlântica, 1020 – Copacabana, Rio de Janeiro )

Horário: de 9h às 18h30

www.ibp.org.br/rioautomacao

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

feiraSete associadas ao projeto Sweet Brasil estarão na principal feira do setor nos EUA, que é referência global em inovação e tendências

 

O Sweet Brasil, projeto setorial de promoção de exportação da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (ABICAB) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e o Ministério das Relações Exteriores, decola com sete associados para o principal evento da América do Norte de doces e snacks, a Expo Sweets & Snacks, em Chicago (EUA), que acontece entre os dias 19 e 21 de maio. 

 Este ano, a Sweets & Snacks contará com Garoto, Docile, Embaré, Nugali Chocolates, Riclan e Simas, além da Harald, que lançará dois produtos especiais no evento. Trata-se da linha Unique USA 80g, com chocolate ao leite com coco queimado e o chocolate amargo com laranja. Destaque também para um complemento da linha Decorações e Food Service. A Harald Unique é a primeira linha de chocolates produzida com cacau de origem 100% brasileira.

 Esta é a 27ª vez que as empresas do projeto Sweet Brasil estarão na Feira. Na última participação dos brasileiros no evento, em 2014, foram realizados 250 contatos comerciais, que geraram U$1,7 milhão em negócios durante o evento.

 Segundo o vice-presidente de Exportação da ABICAB, Romualdo Silva, para este ano a expectativa é de superar os resultados da edição anterior. “No ano que vem o número de empresas participantes deve aumentar pois teremos um espaço maior. Este ano contamos com companhias dos setores de chocolates e balas”, comenta.

 

Principal destino das exportações – Os Estados Unidos são o principal destino das exportações brasileiras. Por conta disso, o interesse das empresas nacionais em participar do evento tende a ser maior, em comparação com as outras feiras mundiais do setor. “O Brasil ganha muito em visibilidade. Esta é a principal feira no maior mercado mundial de confectionery do mundo”, finaliza Silva.

Patrocinada pela Associação Nacional de Confeitaria, a Expo Sweets and Snacks é o prinicpal evento da classe mundial das indústrias de doces e snacks, que representa os principais canais de distribuição dos Estados Unidos em um único local. Na edição de 2014, mais de 15.000 profissionais qualificados visitaram e interagiram com os 90 países participantes e 620 empresas expositoras, distribuídas em mais de 30 mil metros quadrados.

 Além de chocolate, doces como caramelos, gomas e bombons recheados com coco também prometem ganhar destaque e atrair olhares de importadores, que já estão com a indústria brasileira no radar por sua qualidade, capacidade de produção e matéria-prima de ponta.

TAGS: ,

Deixe seu comentário

0

A região Centro-Oeste é a segunda maior produtora de cana-de-açúcar do Brasil, respondendo por cerca de 18,5% da produção total do país, considerando a safra estimada para 2013/2014, segundo dados da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento). Importantes empresas do estado de Goiás, que possui 36 usinas, já confirmaram participação na 22a Fenasucro, maior evento do setor sucroenergético do mundo. A Feira, que será realizada de 26 a 29 de agosto, em Sertãozinho (SP), já comercializou 90% dos espaços disponíveis para os expositores, se consolidando como um importante provedor de soluções neste momento para o setor.

Ainda segundo a Conab, a área de cana-de-açúcar destinada à produção na safra 2014/15 apresentou um crescimento de 3,6% ou 318,67 mil hectares em relação à safra passada. Essa alta está concentrada nos Estados em que teve o maior aumento de novas unidades e corresponde à consolidação das áreas destas novas indústrias. São Paulo, Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais e Paraná responderam por esse crescimento. De olho nesta alta, e com o intuito de se aproximar ainda mais de seu público, as empresas com sede em Goiás Alusolda (equipamentos para solta e corte), Grupo DRC (hidráulica, elétrica e montagens) e Maktractor (venda de produtos e prestação de serviços para o setor) estão entre os mais de 500 expositores da Fenasucro.

“Estamos em um momento que é importante não deixar de investir em produtividade, em alternativas e atualização. Para as empresas, estar na Feira neste momento delicado para o setor é essencial e para os compradores, ela será uma grande vitrine de oportunidades, alternativas e soluções”, explica Gabriel Godoy, diretor da Fenasucro.

A Feira recebe visitantes e compradores de todo o mundo e espera receber neste ano mais de 33 mil pessoas em quatro dias de evento. “Temos a confirmação de visitantes/compradores da América do Sul, Caribe e até África. Além disso, cerca de 60% dos pré-credenciados apontam intenção de compra nesta edição do evento”, afirma Gabriel Godoy, diretor da Fenasucro, tendo como base pesquisa aplicada durante a solicitação de credenciamento dos visitantes. Ele destaca ainda que, neste ano, o BNDES estará presente na feira oferecendo linhas diferenciadas de crédito para a aquisição de equipamentos.

A Fenasucro é organizada pela Reed ExhibitionsAlcantara Machado, em conjunto com o CEISE Br (Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis).

Setores

Atenta às novas possibilidades e demandas na cadeia produtiva da cana, a feira também traz neste ano um novo setor (Transporte e Logística) e sub-setores inéditos (Armazenagem, Equipamentos de Proteção Individual e Segurança Eletrônica). No geral, a Fenasucro é setorizada em Agrocana (setor agrícola voltado para a lavoura), Forind (Fornecedores Industriais), Indústria e, o novo Transporte e Logística. “A cadeia produtiva da cana é bastante extensa e novos setores estão despontando e temos que trazer isso para o nosso visitante/comprador”, diz o diretor do evento.

TAGS: ,

Deixe seu comentário

0

30ª edição da Feira Internacional da Mecânica, a maior fábrica de bons negócios na América Latina. Evento bianual da indústria que reúne os principais lançamentos do setor, muita inovação e oportunidades para todos os segmentos industriais, com a maior variedade de máquinas e equipamentos voltados para a elaboração de projeto, produção, controle de qualidade e movimentação de carga.

De 20 a 24 de maio de 2014 Pavilhão de Exposições do Anhembi – São Paulo/SP

Antecipe-se e garanta a sua credencial!

Acesse www.mecanica.com.br/Visitar/Credenciamento-de-Negocios/

TAGS: , , ,

Deixe seu comentário

0

Balanço parcial apurado até esta sexta-feira, 7, aponta volume de negócios na faixa de R$ 28 milhões. Até o dia 12, a organização do evento divulga os números finais

A indústria, com ânimo para investimentos de retomada, foi protagonista da FEIMAFE 2013 – 14ª Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura, que termina amanhã no Anhembi, São Paulo. Dentre as empresas que já divulgaram o balanço da participação no evento, até sexta-feira, 7, penúltimo dia de evento, o total de negócios consolidados ultrapassou os R$ 28 milhões. Nos 85 mil m² do Anhembi, os visitantes puderam conhecer lançamentos e inovações da indústria de bens de capital de 1.466 marcas expositoras. Dentre as participantes, 37 foram empresas participando pela primeira vez na FEIMAFE.  De acordo com Liliane Bortoluci, diretora da feira, foi destaque desta edição a participação internacional.  “Recebemos 776 marcas nacionais e 690 internacionais, oriundas de países como Alemanha, Estados Unidos, Inglaterra, Itália, entre outros. Isso demonstra a solidez da economia brasileira, e como o mercado internacional está interessado em negociar com o público brasileiro”, explica.

Foi a melhor edição de todos os tempos” - acredita Alfredo Ferrari, Presidente da Comissão da organização da feira pela Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos)  e diretor da Ergomat - a cada edição notamos um crescimento qualitativo de expositores, visitantes e de negócios”. Roberto Ferraretto de Mello, diretor da Mello, aproveita o bom desempenho da empresa na FEIMAFE para apresentar a amplitude de trabalhos efetuados pelas máquinas-ferramenta. “Desenvolvemos uma retificadora plana com capacidade de 850 mm de transversal, única no mundo, a partir de um pedido de um cliente que produz copinhos para brigadeiros e cupcakes. Estamos concretizando vendas na feira todos os dias, incluindo contratos de equipamentos de grande porte. Apostamos na retomada da indústria”.

Essa recuperação da indústria de base também ganha reforço do BNDES. A evolução dos financiamentos do banco federal para o setor de máquinas-ferramenta foi de 50% em relação ao mesmo período do ano passado. A perspectiva é que até o fim do ano os investimentos cheguem a R$ 100 bilhões, 30% a mais que 2012. “Não existe nenhuma economia industrial moderna que possa prescindir da consistência deste setor”, afirmou o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, na abertura da FEIMAFE.  Já a Desenvolve SP, Agência de Desenvolvimento Paulista, firmou 117 acordos operacionais até hoje (7), penúltimo dia de evento.

Outra característica sempre presente na feira confirmou-se mais uma vez: a capacidade de proporcionar para expositores negócios que fazem diferença ao longo do ano. É o que comprova André Chiumento, da Ajan. “Ao final de cada dia de feira, contabilizamos 20 bons contatos. Falo de contatos sólidos, que têm boas chances de virar negócio. Participamos de feiras menores e essa é nossa primeira FEIMAFE que,  posso dizer, é um divisor de águas”. Para Rodolfo José de Souza, diretor da MSL Prensas, o impacto da feira é crucial. “Alavanca 50% da nossa produção anual, o que significa de R$ 7 milhões a R$ 8 milhões”.

Os números parciais da FEIMAFE confirmam também dados de crescimento divulgados pelo IBGE em junho. Segundo o instituto, o crescimento acumulado da indústria de bens de capital em 2013 chegou a 13,4% de janeiro a abril, dado observado na prática quando expositores se impressionaram com o interesse de visitantes na aquisição de máquinas. “Foi uma surpresa – diz Renato Campello, diretor da P/A Brasil - geralmente fazemos apenas contatos, e as vendas se desenrolam no pós-feira. Parece que vai haver uma reação do mercado”. A opinião é compartilhada por Alessandro Penna, gerente da Iscar. “Vendemos na feira, o que não era esperado. Nossa presença foi focada para geração de contatos, e isso também fizemos bastante. Temos muitos negócios projetados para as próximas semanas”.

TAGS: , , , ,

Deixe seu comentário

0

12.400 pessoas estiveram no Brazil Automation ISA 2012, evento que se encerrou na quinta-feira, dia 08 de novembro, em São Paulo, representando a maior e mais importante vitrine de soluções tecnológicas e inovações para a automação da indústria. O atual momento econômico atraiu ao Pavilhão do Expo Center Norte, executivos de indústrias, tomadores de decisão e profissionais envolvidos em projetos de grande porte e na modernização de plantas industriais.

“As previsões indicam que o mercado de automação em 2013 crescerá com cerca de 5%, impulsionado principalmente pela retomada dos investimentos da Petrobras”, afirma, Jorge Ramos, presidente da ISA Distrito 4, que coordena as atividades nos países da América do Sul e Trinidad e Tobago.

Com um área de exposição de 15.226,5 m², neste ano, o evento contou com 91 expositores que apresentaram novidades tecnológicas do setor industrial. Já o Congresso Internacional de Automação, Sistemas e Instrumentação contou com a presença de 550 participantes e abordou os mais relevantes temas da inovação tecnológica para processos industriais proporcionando aos técnicos uma rápida e eficiente atualização tecnológica.

TAGS: ,

Deixe seu comentário

0

A partir de segunda-feira (28) até 1ª de abril, as principais tendências tecnológicas da indústria elétrica e eletrônica estarão na 26º FIEE Elétrica e a 6º electronicAmericas, que ocorrem no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

A expectativa é que, durante cinco dias, o evento movimente grande volume de negócios das empresas expositoras, nacionais e internacionais, gerados por meio da promoção de produtos e serviços, atingindo US$ 2 bilhões. Ainda de acordo com a organização do evento, espera-se receber mais de 60 mil visitantes, número superior ao evento anterior.

Organizadas pela Reed Exhibitions Alcantara Machado, com apoio institucional da Abinee, as Feiras que totalizam cerca de 1.100 expositores, ocupando um espaço de 60 mil metros quadrados. A FIEE Elétrica é direcionada a empresários e técnicos dos segmentos de Automação e Instrumentação; Componentes Elétricos para Máquinas e Equipamentos Industriais; Equipamentos para Geração, transmissão e Distribuição de Energia Elétrica; Materiais para Instalação Elétrica; Concessionária de Energia e Meio Ambiente.

A electronicAmericas reúne expositores nas áreas de Componentes; Equipamentos e Tecnologias para Equipamentos; Manufatura em Eletrônica (montagem, sistemas e subsistemas) e Tecnologia a Laser; Óptica e Fibra Óptica.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

Blog Industrial traz hoje a entrevista com a Novus,fabricante nacional de instrumentos para indicação, controle, aquisição, registro e supervisão de dados, com padrões internacionais, atuando principalmente no segmento automação industrial.

A empresa comercializa: controladores e indicadores microprocessados, registradores eletrônicos, CLPs e IHMs, inversores de freqüência, software de supervisão, transmissores de sinais, calibradores, termostatos digitais, sensores de temperatura, umidade relativa e pressão, contadores e temporizadores.

O gerente comercial, Valério Galeazzi fala sobre a participação da empresa na FIEE electronicAmericas. Confira!


Blog Industrial-Qual sua visão sobre este setor no Brasil e as perspectivas para 2011?

Valério Galeazzi: A indústria Eletro-Eletrônica cresceu de forma sólida em 2010 e tem boas perspectivas para 2011. Se as influências externas não atrapalharem o cenário para investimentos nos parece dos mais interessantes. Falando em automação industrial mais especificamente, vemos o setor ainda mais motivado para 2011.

BI- E a importância da FIEE Elétrica / electronicAmericas para a Indústria?

VG: A FIEE é sempre uma vitrine de grandes lançamentos e oportunidades neste mercado. Participamos há muitos anos do evento, seja diretamente ou através da ABINEE/RS.

BI- Por que a Novus participa da feira?

VG: A NOVUS já participou em várias oportunidades da feira, sempre com excelente visitação e qualidade nos contatos. Este ano não seria diferente. Pretendemos lançar alguns produtos na feira que terão grande impacto no mercado.

BI- Qual o resultado esperado com a participação nesta feira?

VG: É difícil quantificar, mas esperamos que a participação na feira possa gerar um incremento de 5% nos negócios da Novus no Brasil.

BI- Quais os diferenciais da Novus?

VG: A NOVUS é uma empresa genuinamente nacional, com quase 30 anos de sucesso. Temos produtos inovadores que são vendidos até na Ásia. Isso mesmo, eletrônica ‘made in Brazil’ vendida na China, Índia e Taiwan, entre outros. No Brasil são 3 unidades comerciais e uma fabril, com representantes e distribuidores em todas as regiões. A qualidade dos nossos produtos é referência inclusive para a concorrência, com certificações CE e UL.

BI- Cite os novos produtos, serviços ou soluções que a empresa apresentará na FIEE Elétrica 2011?

VG: Na FIEE apresentaremos o Novo FieldLogger – aquisitor e registrador digital com ethernet, USB e IHM gráfica. Além disso serão exibidos o Módulo de Potência Novus e os novíssimos Calibradores Portáteis.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

BUSCA

CATEGORIAS

SOBRE O BLOG INDUSTRIAL

O Blog Industrial acompanha a movimentação do setor de bens de capital no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades, opiniões e análises sobre a influência econômica e política no segmento. Este espaço é um subproduto da revista e do site P&S, e do portal Radar Industrial, todos editados pela redação da Editora Banas.

TATIANA GOMES

Tatiana Gomes, jornalista formada, atualmente presta assessoria de imprensa para a Editora Banas. Foi repórter e redatora do Jornal A Tribuna Paulista e editora web dos portais das Universidades Anhembi Morumbi e Instituto Santanense.

NARA FARIA

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), cursando MBA em Informações Econômico-financeiras de Capitais para Jornalistas (BM&F Bovespa – FIA). Com sete anos de experiência, atualmente é editora-chefe da Revista P&S. Já atuou como repórter nos jornais Todo Dia, Tribuna Liberal e Página Popular e como editora em veículo especializado nas áreas de energia, eletricidade e iluminação.

ARQUIVO

seminário Rodada 10 Perspectivas faturamento máquinas negócios infraestrutura exportação IBGE CNI importação PIB Revista P&S Pesquisa Evento inovação Feira Internacional da Mecânica Artigo meio ambiente Investimento sustentabilidade FIESP Lançamento tecnologia mercado Economia máquinas e equipamentos Feimafe Feira indústria