Visite o site da P&S Visite o site do Radar Industrial Visite o site da Banas Ir para página inicial RSS

0

Tau330E-4CPresseA Durst (#Stand 815, Pavilhão Branco) estará presente em mais uma edição da ExpoPrint Latin America / ConverExpo 2018, que acontece de 20 a 24 de março,  no Expo Center Norte, em São Paulo.

Durante os cinco dias de evento, os participantes poderão conferir os novos patamares de qualidade, produtividade e robustez das soluções de impressão digital Durst para os segmentos de comunicação visual e label.

“Nosso objetivo na ExpoPrint é mostrar como empresas que atuam no segmento de impressão industrial de rótulos, etiquetas e comunicação visual podem aumentar sua produtividade, sem prejudicar a qualidade, em processos de produção mais exigentes, em que cor, definição de imagem e prazos são fundamentais”, explica Ricardo Pi, diretor geral da Durst Brasil.

Segundo Ricardo, a expectativa para a feira é grande, não somente pela oportunidade de fazer contato com profissionais gráficos de toda a América Latina e de outros continentes, como também pelo nível de qualidade dos visitantes. “A Durst Brasil vem apresentando crescimento anualmente. De 2016 para 2017, crescemos 30%, e também investimos em nossa estrutura profissional e técnica no país, ampliando nossa equipe comercial e de suporte”, explica o diretor. “Queremos ajudar nossos clientes a chegarem ao topo no que se refere aos níveis de qualidade e produtividade. Quem visitar nosso stand na ExpoPrint poderá conferir o resultado desse crescimento da Durst no Brasil e, ainda, saber como nossa tecnologia pode ajudar suas empresas a se tornarem mais produtivas no atendimento a diferentes tipos de clientes, incluindo grandes marcas, e, ao mesmo tempo, permitir o aumento da rentabilidade.”

Tecnologias

Durante a ExpoPrint Latin America / ConverExpo, a Durst Brasil estará presente com toda sua equipe comercial e técnica para apresentar os diferenciais produtivos de duas principais soluções: a Tau 330E e a Rho P10 200 HS.

Voltada ao segmento de impressão digital de rótulos e etiquetas, a Tau 330E é um equipamento entry-level que incorpora tecnologia de tinta pigmentada e oferece alta produtividade a um custo bastante competitivo para a produção de rótulos e etiquetas.  Pode trabalhar com até cinco cores (CMYK, mais branco), tem velocidade de até 48 metros lineares/minuto e resolução de até 1260 x 720 dpi.

Por sua vez, a Rho P10 200 HS incorpora toda a robustez que consagrou a Durst no segmento de impressão digital inkjet UV para comunicação visual, introduzindo novos patamares de produtividade. Em sua configuração HS (High Speed), o equipamento oferece uma produtividade cerca de 40% superior à geração anterior, com uma vantagem importante: apesar de mais produtivo, o consumo de tinta é reduzido em até 15%, oferecendo a mesma qualidade, com mais produtividade e economia.

Pode trabalhar com configurações para mídias rígidas ou flexíveis (rolo), tem resolução padrão de 1000 dpi, e velocidade de 350 m2/hora. A Rho P10 200 HS vem equipada com o padrão de cores CMYK, mas com suporte opcional para agregar as cores light cyan, light magenta, laranja, violeta e branco.

“Tanto a Tau 330E quanto a Rho P10 200 HS ilustram muito bem a filosofia da Durst sobre impressão digital inkjet UV, que é a de oferecer a melhor qualidade através de equipamentos robustos e velozes, que permitam ciclos de produção ininterruptos sete dias por semana, 24 horas por dia”, destaca Ricardo.

TAGS: , , , , , ,

Deixe seu comentário

0

Desde a semana passada, a Bombas Geremia/Johnson Screens, do Rio Grande do Sul,  disponibiliza seu novo endereço na internet, o www.bombasgeremia.com.br. A empresa investiu no desenvolvimento de um website e promete focar na web parte de seus esforços para conquistar novos clientes a partir deste ano.

O projeto faz parte das ações de marketing previstas para 2010 e foi desenvolvido pela Pcom – Marketing Estratégico. De acordo com o Diretor Global de Negócios da Johnson Screens, Jim Pipes, o objetivo é valorizar ainda mais a marca Geremia. “Queremos dar continuidade ao processo de crescimento, aumentando a penetração nos segmentos industriais para confirmar a imagem de fortes competidores”, afirma.

Na página é possível encontrar informações sobre os produtos Geremia, solicitar orçamentos, acompanhar notícias da empresa e dos seus segmentos de atuação, contatar o suporte, além de conhecer os representantes de diferentes regiões do Brasil. Acesse www.bombasgeremia.com.br e confira a novidade.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

festa_still_blog_industrialPara comemorar seu mais novo lançamento, a Still Brasil convocou revendedores e amigos para apresentar a empilhadeira CLX25.

A versão de lançamento conta com capacidade nominal de carga de 2500Kg, deslocador lateral dos garfos, iluminação automotiva, transmissão tipo power shift, rodagem pneumática e alturas de elevação que podem chegar até 6,0m.

 A alemã possui fábrica no Rio de Janeiro e filial  em Diadema para vendas, serviços e locação.

Saiba mais sobre esse lançamento no site da revista P&S.

TAGS: ,

Deixe seu comentário

0

TruBend 7036: realmente ergonômica

TruBend 7036: realmente ergonômica

Um dos destaques da Trumpf na Feimafe 2009 foi a dobradeira 7036. O equipamento ocupou lugar de destaque no estande da empresa e chamou a atenção dos visitantes. Não seria por menos: a TruBend 7036 ganhou um selo de ergonomia internacional e promete muito conforto ao usuário, mesmo se operada por longas horas. Palavra do fabricante.

“Para alguns equipamentos é muito difícil se alcançar 100% de automação. Eles dependem da interface humana, como é o caso das dobradeiras de pequeno porte”, me contou Bruno Eifler, sócio-gerente da Trumpf Brasil.

Então aceitei o desafio de operar o equipamento e colocar à prova sua excelência. Não fiquei oito horas sentado frente a dobradeira – estudos mostram que a partir deste tempo o usuário apresenta cansaço -, mas minha experiência foi suficiente para comprovar a ergonomia da 7036.

O assento da TruBend pode ser ajustado de acordo com a altura do usuário. Devidamente posicionado – leia-se: pés e braços alcançando pedais e bancada, confortavelmente -, notei que os leads do equipamento oferecem iluminação que não agride os olhos e foca na área de trabalho. Os técnicos da Trumpf destacam ainda que a luz pode ser ajustada de acordo com o local de instalação do equipamento.

A distância entre o usuário e as placas de dobra, separadas pela bancada, é adequada e transmite segurança durante o manuseio. A resposta da dobra à pressão nos pedais é rápida e eficiente.

Depois de aproximadamente um minuto havia dobrado uma chapa de aço de 10x10cm que se transformou em um jipe. A contar por minha habilidade zero com dobradeiras o tempo foi bom, me disseram os técnicos. No entanto, um profissional consegue fazer o mesmo em exatos 19 segundos.

Eifler reforçou que a TruBend 7036 ainda economiza energia, apresenta nível de ruído próximo do zero e ainda emite menor quantidade de calor.

Interessado? Mais informações no site da empresa www.trumpf.com.br

TAGS: , , ,

Deixe seu comentário

Feimafe 2009: saldo positivo

Icone Feira | Por em 26 de maio de 2009

0

Geral do último dia da Feimafe 2009 (Foto: Thiago Italiano Albuquerque)

Geral do último dia da Feimafe 2009 (Foto: Thiago Italiano Albuquerque)

Os mais entusiastas preferem dizer que a 12ª Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Sistemas Integrados de Manufatura, Feimafe, e a 10ª Feira Internacional do Controle da Qualidade, Qualidade, foram um divisor de águas depois de um período em que a indústria nacional parece se recuperar do baque da crise financeira mundial. Outros são mais contidos e afirmam apenas que as feiras mostraram um reaquecimento do mercado. O fato é que entre os dias 18 e 23 de maio o Pavilhão do Anhembi recebeu mais de 66 mil pessoas, em sua maioria compradores de máquinas-ferramenta. E, certamente, negócios foram fechados.

. Assista vídeos da feimafe 2009 

. Confira alguns lançamentos da feira aqui

 

Eduardo Trevisan, gerente de marketing da Deb’Maq, conta que a empresa investiu muito no estande e no maquinário exposta, mas estava com baixa perspectiva quanto à Feimafe. “Viemos bem cautelosos, com a expectativa baixa mesmo, mas fomos surpreendidos. O público está muito qualificado e os negócios estão acontecendo”, disse, sem citar números de vendas, mas comparando as negociações efetivadas às da Feimafe 2007.

De acordo com a assessoria das Indústrias Romi, até o último dia da feira,  cerca de 20 máquinas-ferramenta haviam sido negociadas nas 20 salas de reuniões montadas no estande – sem dúvida um dos maiores do evento.

Já a Cosa Intermáquinas vendeu apenas no primeiro dia dez máquinas, totalizando um montante de R$ 3,8 milhões. “Nossa meta é comercializar trinta máquinas”, contou o diretor, Marcos Antoniazzi. “A feira é uma oportunidade única de ampliar nossos negócios, de trazer novos clientes e relacionamentos, especialmente em tempos de crise.”

Eduardo Trevisan, gerente de marketing da Deb'Maq (Foto: Kleber Pinto)

Eduardo Trevisan, gerente de marketing da Deb'Maq (Foto: Kleber Pinto)

A Kone Máquinas não só trouxe equipamentos modernos, como ofereceu descontos de até 25% nos preços de todo o seu catálogo. Luiz Osvaldo Sanfelice, responsável pelo marketing da empresa, disse ao Blog Industrial: “Acreditamos que a partir de junho as coisas melhorem de verdade”.

Fabricante e importadora de tornos, furadeiras e fresadoras, a Kone recebeu muitas consultas na Feimafe. “Já vendemos quatro equipamentos”, destacou Sanfelice na quinta-feira, 21.

Visibilidade internacional

Esta edição contou com 52 companhias estrangeiras, de 30 países das Américas, Europa e Ásia, com destaque para Alemanha, Espanha e Itália, que aumentaram suas participações.

No pavilhão italiano apresentam-se 40 empresas, com apoio do Instituto Italiano para Comércio Exterior, ICE, e da Associação dos Fabricantes Italianos de Máquinas-Ferramentas e Sistemas Integrados, Ucimu. As entidades reforçam o interesse em fomentar negócios entre os fabricantes dos dois países e estimular a troca de inovações tecnológicas. “A Itália está analisando os mercados menos envolvidos na crise e Brasil, China e Índia são os mais favorecidos para futuros investimentos italianos ao fim de 2009, início de 2010″, afirmou o diretor do ICE-Brasil, Giovanni Sacchi.

As 12 empresas do pavilhão francês apresentam suas mais recentes tendências de tecnologias que integram os processos de produção e desenvolvimento de soluções sob medidas. “Equipamentos de tecnologia de ponta ainda não são produzidos pelos fabricantes brasileiros devido aos altos investimentos que representam. Isso torna o Brasil um mercado bastante atraente para as empresas francesas para trabalhos em parceria”, disse a gerente do setor de bens industriais da Ubifrance da Missão Econômica da França em São Paulo, Cristina Afonso.
No geral, o saldo da Feimafe foi positivo. Das empresas entrevistadas pelo Blog Industrial, 90% acreditam que o segundo semestre de 2009 será melhor que o primeiro. Para alguns, os resultados já apontam neste final de maio.

TAGS: , , , ,

Deixe seu comentário

0

Com 4 anos de mercado, a Merax, importadora e distribuidora  de máquinas e equipamentos para os setores petrolífero, químico, metalúrgico e de engenharia de montagens industriais, trouxe como principal novidade para a Feimafe 2009 sua perfuratriz de concreto, destinada a várias aplicações para perfurações com precisão. “Estamos trabalhando fortemente na divulgação desse produto e a Feimafe é um excelente lugar para isso”, explica Luiz Lacreta, do marketing da empresa.

Lacreta conta que o foco da Merax na feira é o contato, a divulgação institucional e a exposição da marca: “É muito importante estarmos aqui, principalmente em um momento de crise, para mostrar que estamos mais 1 ano no mercado, crescendo e dispostos a expandir fronteiras, trazendo cada vez mais clientes para dentro de casa”.

Para tanto, a empresa continua investindo em feiras, publicidade e equipe de vendas, movimentação que também tem auxiliado na superação do difícil momento econômico. O executivo destaca que o fato de a Merax atuar em vários mercados fez com que as vendas se mantivessem em níveis razoavelmente confortáveis: “Fecharemos 2009 com números positivos. Até o momento já crescemos 20%.

TAGS: , , , , ,

Deixe seu comentário

0

Andreas Meister, diretor presidente da Ergomat, afirma em entrevista ao Blog Industrial que a participação da empresa de tornos na Feimafe 2009 foi muito positiva. “Esta, sem dúvida, é a maior feira da América Latina deste ano”, pontuou.

O executivo está muito otimista em relação aos negócios da Ergomat para o segundo semestre de 2009. “Estamos sentindo desde março uma melhora contínua. Vemos horizontes e saio desta feira com bastante otimismo”.

Confira a entrevista na íntegra!

TAGS: , , , ,

Deixe seu comentário

0

A Hidral-Mac, de Araraquara-SP, está muito otimista em relação aos negócios para 2009. Essa foi a visão de Tiago Fernando Simões, diretor comercial, em entrevista ao Blog Industrial.

Ele ainda mostra o lançamento da Hidral-Mac na feira. Confira!

TAGS: , , , ,

Deixe seu comentário

0

Com 10 anos de mercado, a araraquarense Prensas Conemag busca na Feimafe 2009 algo muito importante para uma empresa jovem em franco crescimento: exposição. “O que queremos aqui é divulgar nossa marca, lançar nossos produtos e aumentar nossas vendas”, afirma Eduardo Bueno, seu diretor comercial, e acrescenta: “Nas feiras também temos excelentes oportunidades de desenvolver máquinas para novos clientes”.

Com muitos pedidos em carteira até 15 dias atrás, o executivo garante que ainda não tinha se rendido à crise econômica, mas agora confessa que está sentindo certo arrefecimento: “Estávamos trabalhando tão intensamente para entregar tudo no prazo que mal notamos. Mas acredito que logo tudo voltará ao normal”.

Outro bom motivo também acabou desviando um tanto a atenção de todos na Prensas Conemag: a mudança de sede, em janeiro último, de um prédio de 2 mil m2 para um de 5 mil m2. A capacidade instalada antes de uma máquina por dia passou para duas.

E seguindo sua máxima de participação em feiras, as empresa trouxe para esta Feimafe dois lançamento “de peso”, como diz Bueno: as prensas enfardadeiras Horizontal e Vertical. Outras novidades ficam por conta dos kits utilizados nas prensas enfardadeiras Padrão.

O Garantia Gold possibilita ao comprador do equipamento, após o vencimento da garantia de 12 meses concedido pela empresa, trocá-lo por um novo do mesmo modelo, desde que avisado com 60 dias de antecedência. O kit Caixa Metais oferece estruturas acopladas a qualquer prensa padrão, que possibilitam a compactação e o enfardamento de metais ferrosos e não-ferrosos sem a necessidade de amarração e com fardos padrão conhecidos como boca de forno. Já o Descaracterizador é um equipamento, acoplado a qualquer prensa padrão, que descaracteriza sobras e/ou resíduos industriais.

TAGS: , , , , ,

Deixe seu comentário

0

Estande da Kone Indústria de Máquinas (Foto: Kleber Pinto)

Estande da Kone Indústria de Máquinas (Foto: Kleber Pinto)

A Kone Indústria de Máquinas quer vender. Para tanto, colocou todo seu catálogo em promoção, com 25% abaixo do valor de tabela. “Queremos recuperar o que perdemos de outubro do ano passado a janeiro deste ano”, conta Luiz Osvaldo Sanfelice, responsável pelo marketing da empresa.

O período de baixa representou uma queda de 53% nas vendas da Kone, mas isso não desanima e equipe. “Acreditamos que a partir de junho as coisas melhorem de verdade”.

Fabricante e importadora de tornos, furadeiras e fresadoras, a Kone tem recebido bastante consultas na Feimafe. “Já vendemos quatro equipamentos”, destaca Sanfelice.

Torno KEC-660 (Foto: Kleber Pinto)

Torno KEC-660 (Foto: Kleber Pinto)

O destaque da feira é o Torno KEC-660, lançamento da empresa. “Estamos apostando alto neste equipamento e já vemos boas propostas”.

O diretor de marketing avisa que os descontos de 25% praticados pela Kone são válidos até o final de maio.

TAGS: , , , , , , ,

Deixe seu comentário

BUSCA

CATEGORIAS

SOBRE O BLOG INDUSTRIAL

O Blog Industrial acompanha a movimentação do setor de bens de capital no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades, opiniões e análises sobre a influência econômica e política no segmento. Este espaço é um subproduto da revista e do site P&S, e do portal Radar Industrial, todos editados pela redação da Editora Banas.

TATIANA GOMES

Tatiana Gomes, jornalista formada, atualmente presta assessoria de imprensa para a Editora Banas. Foi repórter e redatora do Jornal A Tribuna Paulista e editora web dos portais das Universidades Anhembi Morumbi e Instituto Santanense.

NARA FARIA

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), cursando MBA em Informações Econômico-financeiras de Capitais para Jornalistas (BM&F Bovespa – FIA). Com sete anos de experiência, atualmente é editora-chefe da Revista P&S. Já atuou como repórter nos jornais Todo Dia, Tribuna Liberal e Página Popular e como editora em veículo especializado nas áreas de energia, eletricidade e iluminação.

ARQUIVO

Perspectivas negócios Site P&S infraestrutura máquinas exportação Radar Industrial IBGE importação PIB CNI Revista P&S Evento Pesquisa máquina inovação Feira Internacional da Mecânica Artigo Investimento meio ambiente FIESP sustentabilidade Lançamento máquinas e equipamentos mercado tecnologia Economia Feimafe Feira indústria