Visite o site da P&S Visite o site do Radar Industrial Visite o site da Banas Ir para página inicial RSS

0

bemisA Bemis se junta à campanha mundial do Outubro Rosa, com várias iniciativas e uma parceria com a Instituto Amor em Mechas, projeto que doa perucas para pacientes que perderam seus cabelos em decorrência da quimioterapia ou alopecia.

No dia 09.10, ocorreu a Ação Doação de Cabelo em sua unidade de Mauá. As funcionárias da empresa doaram, voluntariamente, mechas de cabelo para a organização social.  Até 31.10, a iniciativa será realizada nas demais unidades, que também disponibilizará, em todas elas, urnas para as funcionárias depositarem a sua doação.

 

Além disso,  a Medical, Health & Wellness Coach – ACC/ICF e autora do livro Minha Vida Comigo – o câncer foi minha cura, Vânia Castanheira, apresentará uma palestra para as funcionárias, com o objetivo de conscientizar a todos sobre a importância de ações de prevenção contra o câncer de mama e, também, para dividir suas próprias experiências ao enfrentar a doença. A palestra será realizada na fábrica de Mauá e, transmitido, posteriormente, para todas as unidades do Brasil.

 

Saúde feminina em alta

“O propósito das nossas ações no Outubro Rosa é resgatar a autoestima, a confiança e o bem-estar das mulheres que estão passando por tratamento de câncer, além de trazer para o ambiente corporativo a discussão e a reflexão sobre a prevenção e o diagnóstico precoce dessa doença. E, buscamos iniciativas que possam ser realizadas em todas as unidades da empresa, para possibilitar a participação de todas as funcionárias ”, afirma Vanessa Boer, diretora jurídica e líder do Bemis Women’s Network.

“A Bemis entende a importância do seu papel enquanto incentivadora das mulheres no mercado de trabalho e em suas carreiras. Por isso, desde 2012 a Bemis North America criou o Bemis Women’s Network, em todas as suas subsidiárias no mundo, com o objetivo implementar a cultura de igualdade entre homens e mulheres dentro da companhia” finaliza.

TAGS: , , , ,

Deixe seu comentário

0

pensecomcalmaEra o ano de 1998. O Mossad Israelense precisava de ajuda em um projeto ultrassecreto o qual não tinha conhecimento técnico para realizar. Foi solicitada a ajuda do General de Brigada da unidade especial 8200 – a máquina de inovação de Israel. O desafio: não havia tempo hábil para desenvolver uma solução, ainda mais para algo tão complexo e com impacto direto na segurança nacional.

O General de Brigada se manifestou: “Nós temos uma solução para este problema e ela tem nome: Daniel Schnaider.”

Os membros das forças especiais do exército israelense foram treinados para resolver os desafios mais complexos e mais urgentes de uma nação em constante perigo existencial. Pense com calma, aja rápido é a essência da nossa metodologia, nossa forma de pensar e agir. Não se trata de algo de outro planeta, mas de uma forma diferente de raciocinar e executar, o que fará maravilhas por você e pela organização.

O Exército de Israel, mais especificamente sua unidade de inteligência, desenvolveu ao longo dos últimos 70 anos métodos de gestão avançados para lidar com inimigos que nunca param de evoluir em termos de tecnologia, recursos e estratégias políticas.

Entre 1996 e 1999, Daniel Schnaider teve a oportunidade de se aprofundar nessas técnicas. Tempos depois, adaptou e refinou muitas dessas metodologias para o mundo corporativo ao participar do processo de transformação de dezenas de empresas, ONGs e órgãos governamentais, e os resultados têm sido surpreendentes.

O livro “Pense com calma, aja rápido” é o resultado de mais de 20 anos de trabalho, pesquisa e desenvolvimento sobre as ferramentas mais eficientes para a gestão de organizações nesta nova era da revolução industrial.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

silsenaiEspecializada na fabricação de fios e cabos elétricos de baixa tensão, a SIL sempre teve como uma de suas premissas, ao lado da seriedade na relação com seus clientes e fornecedores, promover treinamentos para educação e aperfeiçoamento técnico de estudantes e profissionais do setor elétrico e, desta forma, aumentar a oferta de mão de obra qualificada para o segmento de energia e instalações elétricas.
Uma ação nesse sentido é o bem-sucedido convênio estabelecido com o Senai/SP – Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial, que, desde 2009, promove treinamentos na Escola Senai “Orlando Laviero Ferraiuolo”, localizada no bairro Tatuapé, na Capital paulista, e especializada no atendimento à cadeia produtiva da construção civil.
A parceria coloca em prática, em estreita colaboração, programas de treinamento e palestras que visam a preparação e o aperfeiçoamento de mão de obra dos cursos realizados na unidade para as áreas de eletricista instalador e de comandos elétricos. Em 2017, os treinamentos tiveram a participação de 497 alunos.
A importância da parceria empresa-escola
Durante os cursos, são ministradas palestras técnicas, sempre por um profissional da equipe de engenharia de produtos da SIL, tem como tema principal “Condutores Elétricos de Baixa Tensão” e aborda assuntos como: matérias-primas dos condutores de baixa tensão; normatização; aplicações de produtos – traz as recomendações de uso e as diferenças entre fios sólidos, cabos rígidos e flexíveis; isolação e cobertura; e norma NBR 5410 – específica sobre as instalações elétricas de baixa tensão. Todos os condutores elétricos utilizados nas aulas práticas são fornecidos pela SIL Fios e Cabos Elétricos.
O engenheiro eletricista e gerente de engenharia de produto da SIL, Nelson Volyk, explica que o conteúdo foi totalmente elaborado pela empresa: “No início apresentávamos, apenas, temas básicos, mas percebemos que poderíamos aumentar o escopo, alinhando ao material do Senai. Assim, reforçamos o que os professores já apresentavam ou que, em algum momento, abordarão em aula. Para os alunos é saudável e estimulante ouvir da indústria o que aprendem na escola”.
Além de agregar conhecimento prático aos aspectos técnicos e normatizados relacionados aos materiais, os profissionais da SIL que ministram tais palestras e podem esclarecer aos alunos aquelas questões bem específicas que apenas um profissional técnico do fabricante saberia responder.
“Na área da formação profissional é importante e necessário ter empresas de confiança e com preocupação com a qualidade de seus produtos”, afirma o Instrutor de Formação Profissional do SENAI, Walter Wanderley Teixeira: “A SIL é uma dessas empresas, pois acompanha de perto o avanço do mercado e se preocupa não só com a qualidade do produto, mas também com a segurança na sua utilização, garantindo assim o sucesso final da instalação”.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

CofibamEm parceria com a Marinha Brasileira, a Cofibam desenvolveu cabos de alimentação responsáveis pela energia gerada na Estação Antártida Comandante Ferraz (EACF), inaugurada no início da década de 80. As grandes dificuldades encontradas para o desenvolvimento desse projeto foram as barreiras impostas pelas características naturais da Antártida, uma vez que o cabo seria transportado pelo Navio Oceanográfico Barão de Teffé e poderia não suportar as exigências climáticas e de transporte na longa viagem até o continente gelado. O desafio da Engenharia da Cofibam foi criar um isolante especial para que o cabo conseguisse suportar todas as etapas da viagem, que começaria no Navio Oceanográfico e depois seria lançado por um helicóptero até um local com muitas pedras. Com todos os obstáculos vencidos, o Cabo Cofibam seguiu seu destino através dos mares e até hoje é o responsável por manter ativa a Estação Científica Brasileira, que é uma das poucas a ter o direito de explorar as maravilhas e mistérios do Continente Antártico.

TAGS: , , , ,

Deixe seu comentário

SKF promove #TamoJunto

Icone Evento,Iniciativa | Por em 29 de agosto de 2018

0

skttamojuntoA  campanha #TamoJunto,  da SKF,  vai sortear três kits de ferramentas de manutenção industrial completos e três tablets. Para participar é só comprar qualquer produto SKF de um distribuidor autorizado, se cadastrar no site e informar o número da nota fiscal. Quanto mais notas cadastrar, mais chances de ganhar. É necessário guardar a nota até o final da promoção.

As inscrições vão até dia 12 de novembro. Só serão aceitas notas fiscais das distribuidoras participantes da promoção: ATI Brasil, Rolândia, CRM Muchiutt, Irsa, Nortel, Líder, Bigolin, Rolatel, Durão, Norpem, Rolimão, Rech, Cofermeta, Abecom, Ferramentas Gerais, Primeira Linha, Sopetra, Toleagri, Hidrau Torque, Bezerra & Oliveira, Encopel, Rolimec e Sueca. O sorteio será realizado dia 28 de novembro e o resultado divulgado dia 05 de dezembro.

Mais informações: www.skf.com.br

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

omronA OMRON anuncia o lançamento no Brasil do laboratório de inovação tecnológica Proof of Concept (PoC). Com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento da Indústria 4.0 no país, o PoC brasileiro conta com tecnologia de ponta para testar as últimas tendências em soluções integradas de automação industrial, incluindo robótica, redes industriais, segurança e controle de qualidade.

“A OMRON é reconhecida mundialmente por seu investimento em inovação impulsionada pelas necessidades sociais. Aumentar a segurança e eficiência na indústria são fatores cruciais para que nossos clientes se desenvolvam, sejam mais competitivos e se destaquem no mercado global. O conceito da Indústria 4.0 se apresenta como uma enorme oportunidade para o Brasil e o nosso laboratório Proof of Concept é mais uma forma de estimular este progresso”, destaca Carlos Neves, diretor da unidade de Automação Industrial da OMRON Brasil.

O Proof of Concept da OMRON está presente em países-chave entre os 117 em que a empresa possui operações. Por meio dele, a OMRON viabiliza testes e validações de sistemas que se comunicam em rede (EtherCAT, EtherNet/IP, OPC UA etc.), geram dados que ajudam na tomada de decisão e aplicações de inteligência artificial. Este processo minimiza riscos de falhas nas aplicações e garante o retorno do investimento em automação.

A estrutura do Proof of Concept da OMRON Brasil acomoda três células robotizadas capazes de trabalhar conectadas entre si no mesmo processo de fabricação ou separadas em aplicações independentes. “Esta flexibilidade é um elemento característico da Indústria 4.0. A partir da implementação das células robotizadas, as indústrias conseguem elevar a produtividade, reduzir custos e obter maior controle sobre o processo produtivo”, afirma o gerente de Marketing da OMRON Brasil, Edicley Machado.

Automatizadas 100% com produtos OMRON, as células são compostas por três robôs fixos desenvolvidos pela empresa: o Quattro 650H, o Viper 850 e o eCobra 800, além de um robô móvel colaborativo, o LD-90. O PoC da OMRON Brasil apresenta ainda uma integração completa da plataforma Sysmac, que reúne as tecnologias de automação industrial em um único software.

TAGS: , , ,

Deixe seu comentário

0

image003A Braskem anuncia parceria com a empresa Dinâmica Ambiental para implementação do Programa de Logística Reversa de Copos Plásticos de Polipropileno (PP). O projeto, que já conquistou o apoio da Jaguar Transforma, da Altacoppo e Copobrás busca orientar e incentivar organizações a instituírem melhores procedimentos de logística para o destino correto de copos plásticos após o seu uso.

 O programa faz parte da Plataforma Wecycle, iniciativa da Braskem que fomenta a valorização de resíduos plásticos ao longo de toda a rede produtiva, e tem como objetivo disseminar informações e boas práticas sustentáveis junto a companhias de diferentes perfis e setores da economia. Para isso, a Dinâmica Ambiental disponibilizará o recolhimento apropriado para a coleta dos copos descartados por empresas e estabelecimentos comerciais.

 O material coletado será levado para recicladoras parceiras Wecycle e, posteriormente, transformado em resina pós-consumo, que será usada na fabricação de novos produtos, como tampas para cosméticos, utensílios domésticos, entre outros. Durante este processo também serão coletados dados sobre a geração de resíduos, índices de reciclagem e melhor valorização dos materiais.

 “Estudamos diversos meios para promover o desenvolvimento sustentável e o fortalecimento da cadeia de logística reversa de copos descartáveis, buscando conciliar isso com as demandas de nossos clientes. Esta é mais uma medida que reforça o compromisso da Braskem com a economia circular”, afirma Fabiana Quiroga, diretora da área de Reciclagem e Plataforma Wecycle da Braskem.

 De acordo com o diretor corporativo da Dinâmica Ambiental, Helio Junior, o escopo do projeto possibilita também que as organizações que aderirem a ele possam expor a aplicação da iniciativa em uma plataforma especializada em sustentabilidade. “Essa é uma iniciativa que apoiará as companhias no descarte responsável. Todos os parceiros e apoiadores poderão disseminar a adesão. A plataforma terá seu conteúdo repercutido em mídias sociais visualizadas por leitores e influenciadores com interesse pelo tema, qualificando a percepção do público sobre sua atuação sustentável”, conclui.

 O programa já estreia com dois importantes participantes importantes, a Davines, fabricante internacional de produtos para cabelo, e a SICK Brasil, empresa de tecnologia industrial com sede na Alemanha e operação em 88 países, incluindo o Brasil. A meta é atuar junto a companhias de todos os segmentos, tanto produtoras e distribuidoras de copos descartáveis e plástico, quanto empresas que apenas os utilizam, engajando parceiros e apoiadores ao programa.

TAGS: , , ,

Deixe seu comentário

0

economiaA Grossl  está ampliando sua área de atuação, com investimentos na região Sudeste, especialmente em São Paulo. A expectativa é de aumentar em 41% sua participação na região, com ênfase na comercialização de abrasivos, adesivos e selantes destinados aos segmentos de construção civil, metal mecânico, automotivo, indústria madeireira e moveleira. Para alcançar essa meta, investiu em novo design da marca, está ampliando o número de representantes e também buscando novas revendas.
A empresa catarinense conta com 35 anos de história e grande atuação na região Sul. Além da expectativa de crescimento no mercado paulista, a Grossl projeta também um incremento de 30% no faturamento para este ano. Os bons números acompanham o desempenho do setor moveleiro. De acordo com a pesquisa Desempenho do Mercado de Móveis, do Instituto de Estudos e Marketing Industrial (Iemi), o segmento apresentou alta em praticamente todas as áreas – produção e emprego industrial, produtividade, varejo e exportação – no comparativo com 2016.
A produção de móveis no acumulado do ano passado cresceu 4,6% em volume de itens fabricados e 11,2% em valores comercializados, com relação ao ano anterior. A empregabilidade na indústria moveleira também cresceu 2,2% em 2017. A produtividade média do setor evolui 5,7% na base anual.
“Temos uma ampla linha de produtos específicos para grandes indústrias e também pequenos marceneiros e estamos muito otimistas em levar nossas novidades para a região Sudeste, tendo em vista o cenário mais otimista deste ano”, destaca o presidente da empresa, Jair Grossl.

TAGS:

Deixe seu comentário

0

feimecOs visitantes do estande exclusivo do Instituto Mauá de Tecnologia na FEIMEC 2018 – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos, que acontece de 24 a 28 de abril, no São Paulo Expo, poderão vivenciar a demonstração do processo de integração de máquinas antigas com as mais modernas do mercado, robótica e equipamentos para controle de qualidade e gestão dos processos produtivos.

Para que a experiência dos participantes seja ainda mais completa, a linha de produção montada exclusivamente pela Mauá produzirá e personalizará uma caixa de ferramentas que será entregue aos convidados.

“Desmistificar a aplicação dos conceitos de manufatura avançada no âmbito nacional, inclusive para pequenas e médias empresas, é essencial para a economia do País. Acreditamos que esse estande na FEIMEC seja uma oportunidade de apresentar – de forma não comercial – esses recursos, bem como suas vantagens e os caminhos para implementar e obter os ganhos da adoção deles nos ambientes produtivos”, destaca o coordenador do curso de Engenharia de Controle e Automação do Instituto Mauá de Tecnologia e também, coordenador do projeto, prof. Fernando Silveira Madani.

O Instituto Mauá de Tecnologia participa também do Parque de Ideias, um espaço que reúne algumas das principais universidades do País. Com o projeto “Padrões de comunicação para manufatura inteligente”, em parceria com a AMT – American Manufacture Technology e Beckhoff, o instituto vai mostrar como uma empresa consegue visualizar e quantificar a produção de seu negócio de forma remota. Para isso, serão apresentados quais os padrões de comunicação utilizados pelos equipamentos nas fábricas, como utilizá-los e quais benefícios trazem para as companhias.

Além disso, a participação da Mauá na FEIMEC será uma oportunidade de deixar os alunos da instituição cada vez mais próximos das ações do mercado de trabalho. E, em ações conjuntas, alunos dos cursos das Engenharias e Design serão responsáveis por fases importantes da montagem do estande e programação dos equipamentos.

 

FEIMEC – Feira Internacional de Máquinas e Equipamentos

Data: 24 a 28 de abril de 2018, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center

Horário: Das 10h às 19h (dia 28, das 9h às 17h)

Iniciativa: ABIMAQ – Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos

Promoção e organização: Informa Exhibitions

Patrocínio Oficial: Romi

Mais informações: www.feimec.com.br

 

 

TAGS: , , , ,

Deixe seu comentário

0

O conceito da Indústria 4.0 (ou manufatura avançada) precisa chegar às pequenas e médias empresas brasileiras para que possam ter sucesso em acompanhar esse processo de evolução que atinge o mundo todo. A opinião é do vice-presidente da Schneider Electric, Cristiano dos Anjos, que será um dos palestrantes durante o Encontro de Líderes da Indústria, que acontece entre os dias 24 e 27 de abril, no Expo Center Norte, em São Paulo, durante a MECÂNICA  Manufacturing Experience.

“A Schneider fala há 50 anos sobre automação. Sempre estivemos atentos ao que ocorre no mundo e buscamos nos atualizar”, lembra o executivo. Cristiano defende  a “democratização” dessa evolução. “No Brasil, assim como nos demais países, uma parte considerável da produção industrial está concentrada nas médias e pequenas indústrias, sendo que em vários seguimentos é a maior parte. Então, não podemos pensar em Indústria 4.0 sem incluí-las nesse processo”, garante.

Para Cristiano, é preciso ter um plano de digitalização – olhando para dentro, “para o chão de fábrica”, antes de pensar na internet, nas conexões com o restante do mercado. “A digitalização, com a interconexão dos processos e equipamentos internos, é o primeiro passo”.

Por esse motivo que o executivo garante que é possível o engajamento de todos nestas mudanças. “Se olharmos o conceito como um todo ele pode demandar um grande investimento inicial, mas se houver um planejamento bem definido, a implantação poderá ser feita em etapas”, garante.

Para Cristiano, todo o processo se resume em sustentabilidade, conexão com o mundo digital e planejamento com cyber segurança. “Inovar não é só colocar um produto no mercado, mas também é a maneira como se faz gestão, a maneira que se controla. Utilizar um recurso e tecnologia de uma maneira diferente é algo inovador dentro da indústria”, afirma. Para ele, a gestão de pessoas também tem que ser incluída nessa discussão. “O tema é válido porque é extremamente relevante preparar a população que trabalha dentro das fábricas ou que está conectada à indústria de modo geral, para que saiba lidar com a inovação.  A inovação é necessária em nosso dia a dia, seja em termos de tecnologia ou de fazer novos negócios, novas maneiras, novos modelos de gestão. Orientar, preparar, treinar e capacitar o pessoal de indústria é fundamental.”

TAGS: , , ,

Deixe seu comentário

BUSCA

CATEGORIAS

SOBRE O BLOG INDUSTRIAL

O Blog Industrial acompanha a movimentação do setor de bens de capital no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades, opiniões e análises sobre a influência econômica e política no segmento. Este espaço é um subproduto da revista e do site P&S, e do portal Radar Industrial, todos editados pela redação da Editora Banas.

TATIANA GOMES

Tatiana Gomes, jornalista formada, atualmente presta assessoria de imprensa para a Editora Banas. Foi repórter e redatora do Jornal A Tribuna Paulista e editora web dos portais das Universidades Anhembi Morumbi e Instituto Santanense.

NARA FARIA

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), cursando MBA em Informações Econômico-financeiras de Capitais para Jornalistas (BM&F Bovespa – FIA). Com sete anos de experiência, atualmente é editora-chefe da Revista P&S. Já atuou como repórter nos jornais Todo Dia, Tribuna Liberal e Página Popular e como editora em veículo especializado nas áreas de energia, eletricidade e iluminação.

ARQUIVO

faturamento negócios Radar Industrial Perspectivas infraestrutura máquinas exportação IBGE importação PIB CNI Revista P&S Evento Pesquisa máquina inovação Feira Internacional da Mecânica Artigo Investimento FIESP meio ambiente sustentabilidade Lançamento máquinas e equipamentos mercado tecnologia Economia Feimafe Feira indústria