Visite o site da P&S Visite o site do Radar Industrial Visite o site da Banas Ir para página inicial RSS

0

O setor de construção civil é responsável por cerca de 37% das emissões globais de gases de efeito estufa. Uma das alternativas na busca de soluções sustentáveis é o investimento em madeira engenheirada. Um tipo de estrutura que substitui o concreto e pode erguer prédios de até 20 andares. Além da facilidade de manuseio, o material une tecnologia com sustentabilidade e colabora com a redução das emissões de gases de efeito estufa.

Enquanto 1 m³ de madeira engenheirada de eucalipto captura cerca de 1 tonelada de CO², 1 tonelada de ferro emite cerca de 930 kg de CO². Diante deste cenário, o Grupo Monto, empresa responsável pela construção do Parque Logístico de Extrema (MG), empreendimento da Brookfield Properties, idealizou uma alternativa na implementação de dois prédios anexos – portaria e refeitório – que utilizará eucalipto, de variedade Grandis, material 100% renovável e originário de florestas certificadas. A iniciativa visa atender a meta global do cliente (Brookfield Properties) de se tornar NetZero em todo seu portfólio até 2050.

Seu uso vai gerar 50 toneladas de crédito de CO², sem contar com a quantidade de carbono que deixará de ser emitido por conta da diminuição do uso de outros materiais. Outra característica importante é a estrutura mais leve, enquanto a densidade média do concreto é de 2.500 kg/m³, o da madeira engenheirada de eucalipto é de 650kg/m³, um ganho visível para edifícios verticais. 

Além dos benefícios estruturais e ambientais, por ser um elemento natural, a madeira proporciona uma sensação de bem-estar para os ocupantes, preocupação importante para ambientes corporativos.

O diretor de engenharia do Grupo Monto, Luís Fernando Malavasi, diz que a ação é referência. “Vencemos o 5° Prêmio Inova Infra 2024 com esta parceria. Inovamos no setor da construção de parques logísticos substituindo o uso do concreto em determinadas partes pela madeira engenheirada, sendo os primeiros a usar este tipo de material na construção de parques logísticos. Com o avanço das compras on-line, os centros de distribuição vêm crescendo e descarbonizar o setor é muito importante”, diz.

TAGS: , ,

BUSCA

CATEGORIAS

SOBRE O BLOG INDUSTRIAL

O Blog Industrial acompanha a movimentação do setor de bens de capital no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades, opiniões e análises sobre a influência econômica e política no segmento. Este espaço é um subproduto da revista e do site P&S, e do portal Radar Industrial, todos editados pela redação da Editora Banas.

TATIANA GOMES

Tatiana Gomes, jornalista formada, atualmente presta assessoria de imprensa para a Editora Banas. Foi repórter e redatora do Jornal A Tribuna Paulista e editora web dos portais das Universidades Anhembi Morumbi e Instituto Santanense.

NARA FARIA

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), cursando MBA em Informações Econômico-financeiras de Capitais para Jornalistas (BM&F Bovespa – FIA). Com sete anos de experiência, atualmente é editora-chefe da Revista P&S. Já atuou como repórter nos jornais Todo Dia, Tribuna Liberal e Página Popular e como editora em veículo especializado nas áreas de energia, eletricidade e iluminação.

ARQUIVO

Sem comentários no post Construções verdes reduzem emissões de CO2

Deixe seu recado:

Nome: Obrigatório

E-mail: Obrigatório (Não será publicado)

Website:

Texto: Você pode usar tags XHTML

#blogindustrial IBGE importação Perspectivas Oportunidade #revistaps PIB CNI máquina Revista P&S Evento Pesquisa inovação Feira Internacional da Mecânica Meio Ambiente Industrial Artigo FIESP Investimento meio ambiente sustentabilidade Lançamento máquinas e equipamentos mercado Economia Feimafe tecnologia Feira indústria Site P&S Radar Industrial