Visite o site da P&S Visite o site do Radar Industrial Visite o site da Banas Ir para página inicial RSS

0

schneider-electricTodos os anos, a Equileap classifica as empresas globais pelo progresso em direção à igualdade de gêneros. No índice 2018, a Schneider Electric ficou em primeiro lugar no setor industrial e em 15º na classificação geral.

Ajudar os investidores a decidir sobre critérios não-financeiros

O índice anual da Equileap das 200 principais empresas em termos de igualdade de gêneros foi projetado para ajudar os investidores a basear suas decisões em critérios não-financeiros. Para estabelecer esse ranking, o instituto investiga 3 mil empresas de vários setores, com valor de mercado superior a US$ 2 bilhões. A metodologia, inspirada nos Princípios de Empoderamento das Mulheres das Nações Unidas, analisa 19 critérios não-financeiros que impactam a igualdade de gêneros, como paridade salarial, oportunidades de progresso na carreira, igualdade de gêneros em subcontratados, políticas de licença familiar, e programas contra assédio sexual e discriminação no local de trabalho.

O resultado reflete o compromisso da Schneider Electric com a igualdade de gêneros

“A igualdade de gêneros no local de trabalho é extremamente importante, não apenas porque é um imperativo moral, mas porque é fundamental ajudar todos os colaboradores a desenvolver suas habilidades e alcançar todo seu potencial. Igualdade genuína significa que cada colaborador se beneficia das mesmas recompensas, recursos e oportunidades, independentemente do sexo. Conseguir isso é intrínseco ao DNA da Schneider Electric”, comenta Olivier Blum, diretor de Recursos Humanos e vice-presidente executivo da Schneider Electric.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

feiraA Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil apresenta a “Indústria do Futuro” durante a 31ª Fispal Tecnologia – Feira Internacional de Processos, Embalagens e Logística para as Indústrias de Alimentos e Bebidas, que acontece de 23 a 26 de junho de 2015, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo. No estande da entidade, serão apresentados novos conceitos para aprimorar a gestão e os processos logísticos das empresas.
Na Indústria do Futuro, a GS1 apresentará ferramentas úteis para as empresas se conectarem mais eficientemente com toda a cadeia de suprimentos além da gestão e processos internos. Uma destas ferramentas é o Cadastro Nacional de Produtos (CNP), que auxilia as empresas no cadastro e gestão de produtos, conectando-a com varejo e seu consumidor final. O CNP, ferramenta on-line criada pela Associação Brasileira de Automação-GS1 Brasil, auxilia a indústria e o varejo no cadastro e gerenciamento de informações, além de proporcionar boa visibilidade para as empresas que, cada vez mais, buscam transparência e segurança aos processos.

A entidade demonstrará também recursos inovadores para o controle de estoque utilizando a tecnologia de identificação por radiofrequência (RFID). O objetivo é mostrar na prática como o RFID é eficiente para tornar os processos logísticos mais ágeis, além de reduzir custos operacionais e otimizar o tempo de atividades. Para se ter uma ideia, com a radiofrequência não é necessário fazer a contagem peça por peça no estoque, pois os itens já estão identificados com as etiquetas inteligentes e basta um leitor para fazer a checagem e contagem automática dos produtos. Além disso, a tecnologia proporciona maior precisão e integridade da informação desde a fabricação até a chegada ao varejo e venda ao consumidor.

Com o investimento em tecnologias de automação, o empresário garante a produtividade e a entrega eficiente de produtos e serviços e toda a cadeia se beneficia com a padronização dos processos. O consumidor final, por sua vez, ganha com o atendimento qualificado e diferenciado por ter uma experiência de compra inovadora e confiável.

Durante os quatro dias de evento, os visitantes conferem as principais inovações e tendências nacionais e internacionais da indústria e um portfólio variado de produtos e serviços.

Serviço
Fispal Tecnologia – 31ª Feira Internacional de Processos, Embalagens e Logística para as Indústrias de Alimentos e Bebidas
Data: 23 a 26 de junho de 2015
Horário: 13h às 20h (novo horário)
Local: Pavilhão do Anhembi – Av. Olavo Fontoura 1.209, Santana – São Paulo/SPINSCRIÇÃO NA CATEGORIA IMPRENSA DO PRÊMIO AUTOMAÇÃO GS1 BRASIL EM www.gs1br.org/premiacaoimprensa

TAGS: , , ,

Deixe seu comentário

0

abreVisitantes poderão votar no estande da entidade

Entre os dias 23 e 26 de junho, os visitantes da 31ª edição da Fispal Tecnologia que passarem pelo estande da ABRE – Associação Brasileira de Embalagem -  poderão escolher quem será o vencedor, na categoria especial Voto Popular, do 15º Prêmio ABRE da Embalagem Brasileira, promovido e organizado pela ABRE.

A principal novidade para este ano na categoria é que a embalagem estará em ambiente online, o que possibilita ao participante ter acesso à defesa do case, como acontece para o júri técnico. Durante o processo de votação, o visitante tem acesso às imagens de todas as embalagens concorrentes e ao posicionar o mouse em cima da imagem aparece o texto que justifica o porquê a embalagem está concorrendo ao Prêmio, ou seja, qual o seu diferencial. “Esta iniciativa vai ao encontro da tendência do mercado, onde tudo é mais interativo, além de ser mais uma inovação para marcar os 15 anos do Prêmio ABRE”, explica Isabella Salibe, gerente Comercial e de Marketing da ABRE.

O Prêmio ABRE ganhou, a partir deste ano, uma identidade própria, criada pela agência mineira Greco Design, que reposiciona o conceito do Prêmio. “O objetivo é dar autonomia e destacar ainda mais a relevância do Prêmio perante o mercado”, comenta Isabella. A premiação tem por objetivo reconhecer as embalagens que mais se destacaram ao longo do último ano como ícones de qualidade, tecnologia, design, funcionalidade e inovação, além de incentivar a eficiência dos processos e o desenvolvimento sustentável, entre outras iniciativas importantes para o crescimento e valorização das embalagens brasileiras.

O Voto Popular acontece na Fispal Tecnologia desde a primeira edição do Prêmio ABRE, em 2001, e contabiliza mais de 2,5 mil votos por edição. “Já é tradição a votação presencial desta categoria durante a Fispal. A cada ano, cresce o interesse, assim como o número de visitantes que buscam o nosso estande para dar a sua opinião”, observa Isabella.

Mais informações sobre o Prêmio, bem como sobre seu regulamento, acesse www.premioabre.org.br.

 

TAGS: ,

Deixe seu comentário

0

Prêmio da Dow reconhece projetos acadêmicos que apresentam soluções inovadoras para um mundo mais sustentável

Hoje, 15 de dezembro, a Dow Brasil premia as vencedoras da terceira edição do Desafio Estudantil de Inovação e Sustentabilidade que reconhece trabalhos acadêmicos de pesquisa que busquem soluções sustentáveis para alguns dos maiores desafios sociais, econômicos e ambientais do planeta. Três trabalhos da Universidade de São Paulo (USP) receberam prêmios de R$ 18.000,00 a serem pagos pela Fundação Dow, sediada nos Estados Unidos.

“Soluções sustentáveis não são apenas um impulso aos negócios e à inovação, são a chave para resolver os desafios mais urgentes do mundo”, disse John Biggs, Diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Dow. “Eu falo por todos na Dow quando digo o quanto estamos orgulhosos em reconhecer o pensamento inovador e a colaboração apresentada por uma nova geração de cientistas e líderes trabalhando juntos em direção a um futuro mais sustentável”, conclui.

Iniciado em 2009, em alinhamento às Metas Globais de Sustentabilidade da Dow 2015, o Desafio Estudantil de Inovação e Sustentabilidade ocorre por meio de parcerias da Dow com oito universidades – quatro nos Estados Unidos e quatro em outras regiões do mundo, dentre elas a USP, no Brasil. Os 46 vencedores do prêmio global foram selecionados por meio de um processo interno das universidades participantes com a orientação de critérios fornecida pela Dow. Alice Dantas Brites, Thalita Peixoto Bass e Ana Luiza Silva Spínola foram as representantes brasileiras selecionadas por suas pesquisas.

As pós-graduadas reconhecidas foram:

Alice Dantas Brites, com sua dissertação “Monitoramento dos efeitos ecológicos e socioeconômicos da comercialização de produtos florestais não madeireiros”, defendida no Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental da USP.

Dra. Ana Luiza Silva Spínola, com sua tese “Inserção das áreas contaminadas na gestão municipal: desafios e tendências”, defendida na Faculdade de Saúde Pública.

Thalita Peixoto Basso, com sua dissertação “Atividade celulolítica de fungos isolados de bagaço de cana-de-açúcar e serapilheira em comparação com cepas de Trichoderma reesei, defendida na ESALQ – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”.

Além destes três ganhadores, a Comissão indicou para Menção Honrosa os seguintes três acadêmicos:

Aloisio Coelho Junior, com sua dissertação “Otimização da criação de Anagasta kuehniella(Zeller, 1879), hospedeiro alternativo de Trichogramma spp., baseando-se na temperatura, densidade larval e concentração de dióxido de carbono”, defendida na na ESALQ – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”.

Dr. Marcelo Chuei Matsudo, da Faculdade de Ciências Farmacêuticas, com o trabalho “CO2 from Alcoholic Fermentation for Continuous Cultivation of Arthrospira (Spirulina) platensis in Tubular Photobioreactor Using Urea as Nitrogen Source”, publicado no Biotechnology Progress Journal.

Mauro Prato, com a dissertação “Ocorrência natural de sexuados, produção in vitro de rainhas e multiplicação de colônias em Tetragonisca angustula (Hymenoptera, Apidae, Meliponini)” defendida na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto.

 

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

O Prêmio Nacional de Inovação, antigo Prêmio CNI, é o reconhecimento às empresas do segmento da indústria que contribuem para o aumento da competitividade e o desenvolvimento sustentável do setor no país. A cada edição o que conta é a capacidade de pôr em prática boas idéias, inovar e superar obstáculos, com a introdução de novos produtos, processos e serviços e de melhorias no ambiente organizacional e cultural das empresas.

Neste ano de 2011, 427 projetos de 254 empresas concorreram em quatro categorias: gestão da inovação, competitividade, design e desenvolvimento sustentável, e a NOVUS ficou em 1º lugar na categoria Competitividade para Média e Grande Empresa!

A NOVUS concorreu ao prêmio com o FieldLogger e o anúncio desta conquista de grande importância ocorreu na noite do dia 02 de outubro, em cerimônia realizada no Sheraton WTC, em São Paulo.

O FieldLogger é um módulo de leitura e registro de variáveis analógicas, digitais e outras, com grande resolução e velocidade. Trata-se de um equipamento de alto desempenho e alta conectividade, porém fácil de configurar e operar. Para saber mais sobre o FieldLogger, o produto que levou a NOVUS a mais esta importante conquista, acesse www.fieldlogger.com.br.

Para Marcos Dillenburg, Diretor de Tecnologia da NOVUS, o prêmio é um reconhecimento ao valor do trabalho em equipe. Conforme a empresa, a Inovação em produtos só é possível pelo trabalho conjunto e em harmonia entre Marketing, Engenharia, Fábrica e Comercial, sendo o FieldLogger a melhor e mais recente expressão da forma da NOVUS de inovar.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

A Vulkan conquistou o Prêmio Visão Agro Paulista 2011, na categoria Acoplamentos Elásticos. O evento foi realizado pelo Grupo Visão, em Piracicaba (SP), com o objetivo de homenagear usinas, destilarias e empresas fornecedoras de produtos e serviços do estado de São Paulo; além de empreendedores visionários que se destacaram em áreas de transformação e produção no agronegócio canavieiro de todo o país.

Após pesquisa realizada no primeiro semestre de 2011 com usinas e destilarias, a Vulkan foi escolhida como a empresa com desempenho mais admirável no setor de Acoplamentos Elásticos.

O prêmio é considerado um dos mais importantes e é reconhecido por todo setor agro. “Ficamos muito felizes em recebê-lo, pois isso significa que o nosso foco em apresentar produtos de alta qualidade são reconhecidos pelo mercado”, declara Daniel Cunha, Consultor Técnico de Vendas da Vulkan.

Além dos acoplamentos elásticos, a VULKAN também fornece ao setor sucroalcooleiro, acoplamentos de engrenagem, acoplamentos flexíveis de lâminas, acoplamentos hidráulicos, contra-recuos e rodas livres, freios eletromagnéticos, freios pneumáticos, freios eletrohidráulicos de sapatas, redutores e motoredutores.

TAGS: , , , , , , ,

Deixe seu comentário

0

A SEC Alstom (Wuhan) Transformers Co. Ltd., joint venture entre Alstom Grid e Shanghai Electric Group (SEC), ganhou o Prêmio Nacional de Excelência em Projetos de Investimento 2011 da Associação de Investimentos da China. O prêmio reconhece a realização bem sucedida da usina transformadora “verde” SEC Alstom Wuhan Transformers (SAWT) – a primeira do mundo.

A SAWT é uma das unidades de fabricação de transformadores de Ultra-alta tensão mais avançadas da China, capaz de projetar, fabricar e testar transformadores de Corrente Alternada em Ultra-alta tensão (UHVAC – Ultra High Voltage Alternating Current) de até 1200 kV e transformadores de Corrente Contínua em Alta Tensão (HDC – Voltage Direct Current) de até 1100kV.

Desde sua concepção, a SAWT tinha o objetivo de ser uma referência em design e gestão de fábricas ambientalmente conscientes, reafirmando o compromisso contínuo da Alstom Grid com o desenvolvimento sustentável. Em novembro de 2009, a SAWT recebeu um certificado Leadership in Energy & Environmental Design (LEED) do United States Green Building Council. As iniciativas verdes da SAWT incluem o uso de materiais amigáveis ao meio ambiente para escritórios e construções fabris; energia solar para iluminação externa e vapor de resíduos reciclados para aquecimento. A ausência de caldeiras ou geradores a diesel garante baixas emissões de carbono, enquanto um sistema de coleta de água da chuva colabora com a economia de água.

A Investment Association of China (IAC) homenageia projetos que mostram excelência em tecnologia avançada e inovação, e também em segurança. O projeto da Alstom Grid foi um dos 38 a serem reconhecidos pela IAC em 2011. Entre os outros estão o projeto da Represa de Três Gargantas, a Ferrovia Intermunicipal Beijing-Tianjin e a Expansão do Aeroporto de Pudong.Sobre a Alstom.

TAGS: ,

Deixe seu comentário

Prêmio FINEP de Inovação 2011

Icone Evento,Prêmio | Por em 6 de julho de 2011

0

O Prêmio FINEP de Inovação foi criado para reconhecer e divulgar esforços inovadores realizados por empresas, instituições científicas e tecnológicas e inventores brasileiros, desenvolvidos no Brasil e já aplicados no País ou no exterior. Podem concorrer ao Prêmio as empresas que tenham a inovação como elemento relevante em suas estratégias de atuação.

 As empresas e instituições inovadoras são aquelas que desenvolvem soluções em forma de produtos, processos, metodologias e/ou serviços novos ou significativamente modificados, que estejam no mercado há pelo menos 3 anos.

Serviço:

As inscrições encerram-se em 6 ou 14 de outubro, conforme a categoria.

Informações:  http://www2.finep.gov.br/premio/index.php?pg=regulamento

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

No ano em que completa seus 10 anos de atuação, a SERQUÍMICA recebeu homenagem na Câmara Municipal de Vereadores de Sertãozinho. Idealizada pelo vereador Ricardo Almussa e proferida no dia 6 de junho, a moção parabenizou não somente a SERQUÍMICA, mas também todo o Grupo, incluindo a empresa LIDERQUÍMICA e a atuação da  equipe de colaboradores.

Foi ressaltada a atuação proativa das empresas, que ingressaram no mercado priorizando a qualidade e o dinamismo no setor sucroenergético, e, também em diversos segmentos industriais. As empresas do Grupo consolidam seus nomes produzindo e fornecendo produtos e insumos químicos de extrema qualidade a todo o mercado nacional.

Junto a outras empresas deste grande polo industrial do Estado de São Paulo, o Grupo SERQUÍMICA é motivo de orgulho e incentivo não somente para o mercado, mas para todo o município de Sertãozinho, que tem grande parte de seu crescimento alavancado pelas indústrias locais.

TAGS: ,

Deixe seu comentário

0

Cerca de 80% dos negócios da Embraco, faturamento global, provém de produtos lançados nos últimos quatro anos e, em 2010. A empresa ultrapassou a marca de 1.000 patentes concedidas globalmente. O mais recente foi o de Empresa mais Inovadora do Sul do Brasil pela Revista Amanhã/Consultoria Edusys, cujo evento de premiação ocorreu no dia 15 de fevereiro, em Porto Alegre (RS).

Nesta sétima edição do ranking Campeãs da Inovação, a Embraco foi eleita a empresa mais inovadora tanto no segmento de Máquinas e Equipamentos quanto na classificação geral. Outra importante premiação recebida pela Embraco nesta área foi a conquista do Prêmio FINEP de Inovação, na categoria Grande Empresa, em novembro do ano passado.

Fundada em Joinville (SC), em 1971, a Embraco emprega cerca de 10 mil funcionários em suas fábricas e escritórios localizados no Brasil (sede), Estados Unidos, México, Itália, China e Eslováquia. A capacidade produtiva anual é superior a 30 milhões de compressores ao ano.  A Embraco investe 3% do faturamento líquido anual no custeio de P&D, equipado com mais de 40 laboratórios e onde trabalham 450 profissionais em todo o mundo.

TAGS: ,

Deixe seu comentário

BUSCA

CATEGORIAS

SOBRE O BLOG INDUSTRIAL

O Blog Industrial acompanha a movimentação do setor de bens de capital no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades, opiniões e análises sobre a influência econômica e política no segmento. Este espaço é um subproduto da revista e do site P&S, e do portal Radar Industrial, todos editados pela redação da Editora Banas.

TATIANA GOMES

Tatiana Gomes, jornalista formada, atualmente presta assessoria de imprensa para a Editora Banas. Foi repórter e redatora do Jornal A Tribuna Paulista e editora web dos portais das Universidades Anhembi Morumbi e Instituto Santanense.

NARA FARIA

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), cursando MBA em Informações Econômico-financeiras de Capitais para Jornalistas (BM&F Bovespa – FIA). Com sete anos de experiência, atualmente é editora-chefe da Revista P&S. Já atuou como repórter nos jornais Todo Dia, Tribuna Liberal e Página Popular e como editora em veículo especializado nas áreas de energia, eletricidade e iluminação.

ARQUIVO

faturamento negócios Perspectivas infraestrutura Radar Industrial máquinas exportação IBGE importação PIB CNI Revista P&S Evento Pesquisa máquina inovação Feira Internacional da Mecânica Artigo Investimento FIESP meio ambiente sustentabilidade Lançamento máquinas e equipamentos mercado tecnologia Economia Feimafe Feira indústria