Visite o site da P&S Visite o site do Radar Industrial Visite o site da Banas Ir para página inicial RSS

0

tramontinaUsamos vários equipamentos que precisam de energia elétrica para funcionar e, infelizmente, os acidentes com eletricidade são comuns. A proteção é a melhor saída para evitá-los e um item indispensável para garantir a segurança nas instalações elétricas é o disjuntor.
O dispositivo faz parte da linha de proteção de um circuito elétrico e tem a função de só permitir a passagem da corrente elétrica até um determinado valor, de acordo com a curva do disjuntor. Em caso de sobrecarga ou curto-circuito, ele desarma a rede elétrica de determinado circuito e evita possíveis acidentes e danos a equipamentos e à instalação. Os disjuntores garantem a integridade da isolação: proporcionam maior vida útil à fiação e proteção adequada à instalação e aos equipamentos a eles conectados.
No mercado, há disjuntores e acessórios adequados para aplicações residenciais, comerciais e industriais. Por isso, antes da compra, a equipe técnica da Tramontina recomenda a consulta a um profissional da área de eletricidade para dimensionar corretamente toda a instalação elétrica.
Os disjuntores da Tramontina possuem Selo de Identificação de Conformidade do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) e são produzidos conforme as normas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas): NBR NM 60898-1 – Disjuntores para proteção de sobrecorrentes para instalações domésticas e similares – e NBR IEC 60947-2 – Dispositivos de manobra e comando de baixa tensão.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

mecanicoPara realizar os testes pós-reparo de uma ECU diesel é necessário que o veículo esteja em sua oficina, o que complica a atividade do mecânico reparador, pois normalmente somente as ECUs são enviadas às oficinas que prestam estes serviços, atrapalhando o diagnóstico de falhas e tornando o trabalho demorado e a validação dos reparos mais difíceis.

Pensando nessa situação, a Chiptronic Tecnologia Automotiva apresenta o ECU Test Diesel PRO, que, segundo a empresa, se trata de uma bancada profissional para testes de ECUs diesel que simula os sensores e atuadores dos veículos, gerando sinais e grandezas elétricas com as características e particularidades de cada sistema de injeção, que são imprescindíveis para um diagnóstico correto e validação dos reparos feitos nas ECUs.

A empresa afirma que o equipamento, ligado a um scanner, não gerará códigos de falhas por falta de sensores e atuadores, permitindo ao usuário um diagnóstico preciso das falhas presentes nas ECUs, não havendo a necessidade de ligação de componentes externos (pedal do acelerador, injetores, eletroválvulas) – garantindo a precisão e eficiência nos testes de ECUs diesel em bancada.

O ECU Test Diesel PRO atende ao novo conceito de testes: No Fail Simulation (simulação sem falhas). Além disso, todos os cabos para simulação das ECUs do motor e conexão com diagnóstico acompanham o equipamento, que também permite atualizações constantes de novos hardwares e softwares.

 

Fonte portal O Mecânico

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

produtoResistente a impacto e a vibração, Loctite® 4090 tem força de adesão em grande variedade de substratos e resiste a temperaturas de até 150ºC e a umidade

Empresa 100% brasileira que oferece soluções em projetos e produção de elementos de comunicação visual, a Polimetal empregava solução de resina para fixar acrílicos em totens, fachadas e letreiros. Em busca de alternativa para aperfeiçoar o processo e o acabamento, a Polimetal adotou o adesivo híbrido Loctite® 4090 da Henkel, fornecedora líder em soluções de adesivos, selantes e tratamento de superfícies.

Ao utilizar o Loctite® 4090, o processo de colar o acrílico em perfil de alumínio e o acabamento foram otimizados. “Ganhamos um processo estável, qualidade no nosso produto e satisfação dos nossos clientes”, acrescenta Wagner Malheiro, supervisor de engenharia de produtos e processos da Polimetal.

O adesivo híbrido Loctite® 4090 reúne atributos dos adesivos instantâneos e estruturais. A combinação da força de adesão de um epóxi e a rapidez de aplicação de um cianoacrilato permite que o Loctite® 4090 apresente grande resistência a impacto e vibração, força de adesão em ampla variedade de substratos – como metais e a maior parte de plásticos e borrachas – e resista a temperaturas de até 150ºC e a umidade, além de preencher folgas de até 5 mm.

O adesivo híbrido da Henkel apresenta rápido tempo de fixação até mesmo em baixas temperaturas (5ºC), baixo Blooming (embranquecimento), boa resistência aos raios UV e fornece a versatilidade necessária para resolver grande parte dos desafios de projeto, montagem e reparação.

TAGS: , , , , ,

Deixe seu comentário

1

A Plastecno lança no mercado o PTFE ( poli tetra flúor etileno), um plástico de engenharia com características muito especiais. Trata-se de um polímero com excepcional resistência química, resistente a grande maioria das substâncias químicas mais agressivas. Possui  elevada resistência à temperatura de trabalho, variando de -200  à 260 C°.

Este plástico é feito de um material com dureza de 54 a 60 shore D, característica esta, que auxilia na fabricação de juntas, anéis e peças de vedação, de ótima qualidade. Somando-se a isto a resistência à temperatura, o teflon pode ser utilizado em muitas aplicações nos mais diferentes segmentos industriais.

Possui boa resistência elétrica, não propaga a chama, baixo coeficiente de atrito e não absorve água e peso específico de 2,2 g/cm3.

O PTFE pode ser aditivado com fibra de vidro, grafite, bissulfeto de molibdênio, carbono, bronze, proporcionando a melhoria de algumas propriedades, conforme a aplicação a que se destina. É encontrado na forma de chapas, buchas, tarugos, tubos e películas. Os semi acabados em PTFE, são fabricados pelo processo de moldagem ou extrusão. É utilizado na indústria química, galvanoplastia, metalúrgicas, equipamentos médico hospitalares, alimentícia, elétrica,  petrolífera, etc.

Trata-se de um material facilmente usinado, cortado, furado, fresado, para a confecção de peças técnicas de alta precisão.

TAGS: , ,

Deixe seu comentário

0

Transportador da Dematic impressiona pela capacidade

A Dematic apresentou na Cemat o seu novo Transportador Dimensionador Dinâmico, que integra a nova geração de equipamentos para o controle de pesagem e dimensionamento, com fluxo operacional superior a 2700 volumes por hora. “É um equipamento para fazer pesagem e dimensionamento e que pode ser muito usado em transportadores”, explica Daniel Morgante, consultor técnico da empresa.
O novo equipamento ocupa pouco espaço físico, conta com velocidades variáveis e permite acumular volumes sem danificá-los. Com o sistema de gestão Dematic, que centraliza as informações em um único ponto, o transportador oferece uma operação segura e mais sustentável, com menor consumo de energia e desligamento automático por tempo ocioso.

Leitura automática de código de barras, cadência na hora da pesagem – que consiste na capacidade de garantir espaço para um único equipamento dentro do balanço e possibilidade de ajustes de velocidade de acordo com as necessidades do cliente, são algumas características deste equipamento.

TAGS: , , ,

Deixe seu comentário

BUSCA

CATEGORIAS

SOBRE O BLOG INDUSTRIAL

O Blog Industrial acompanha a movimentação do setor de bens de capital no Brasil e no exterior, trazendo tendências, novidades, opiniões e análises sobre a influência econômica e política no segmento. Este espaço é um subproduto da revista e do site P&S, e do portal Radar Industrial, todos editados pela redação da Editora Banas.

TATIANA GOMES

Tatiana Gomes, jornalista formada, atualmente presta assessoria de imprensa para a Editora Banas. Foi repórter e redatora do Jornal A Tribuna Paulista e editora web dos portais das Universidades Anhembi Morumbi e Instituto Santanense.

NARA FARIA

Jornalista formada pela Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-Campinas), cursando MBA em Informações Econômico-financeiras de Capitais para Jornalistas (BM&F Bovespa – FIA). Com sete anos de experiência, atualmente é editora-chefe da Revista P&S. Já atuou como repórter nos jornais Todo Dia, Tribuna Liberal e Página Popular e como editora em veículo especializado nas áreas de energia, eletricidade e iluminação.

ARQUIVO

negócios infraestrutura máquinas exportação Perspectivas IBGE importação PIB CNI Revista P&S máquina inovação Evento Pesquisa Feira Internacional da Mecânica Artigo Investimento FIESP meio ambiente Lançamento sustentabilidade máquinas e equipamentos mercado Site P&S Radar Industrial Economia tecnologia Feimafe Feira indústria